Mercado abrirá em 4 h 30 min
  • BOVESPA

    110.786,43
    +113,67 (+0,10%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.298,20
    -104,50 (-0,20%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,25
    +0,38 (+0,45%)
     
  • OURO

    1.782,20
    -2,70 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    65.051,77
    +1.036,03 (+1,62%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.533,65
    +52,84 (+3,57%)
     
  • S&P500

    4.536,19
    +16,56 (+0,37%)
     
  • DOW JONES

    35.609,34
    +152,03 (+0,43%)
     
  • FTSE

    7.189,85
    -33,25 (-0,46%)
     
  • HANG SENG

    25.906,46
    -229,56 (-0,88%)
     
  • NIKKEI

    28.708,58
    -546,97 (-1,87%)
     
  • NASDAQ

    15.336,25
    -41,25 (-0,27%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4485
    -0,0711 (-1,09%)
     

China critica Reino Unido por presença de navio de guerra no Estreito de Taiwan

·1 minuto de leitura
Navio de guerra britânico HMS Richmond durante visita a Jacarta, na Indonésia, em 2011

PEQUIM (Reuters) - A China criticou o Reino Unido duramente nesta segunda-feira por enviar um navio de guerra ao Estreito de Taiwan, dizendo que tal comportamento "oculta intenções más" e que os militares chineses seguiram a embarcação e a alertaram a se afastar.

Uma publicação na conta de Twitter do navio informou que o HMS Richmond passou pelo estreito a caminho do Vietnã. Ele foi enviado ao Mar do Leste da China durante uma participação em operações de aplicação de sanções da Organização das Nações Unidas (ONU) contra a Coreia do Norte.

A China reivindica Taiwan como parte de seu território e intensifica sua pressão militar e política para tentar forçar a ilha de governo democrático a aceitar a soberania chinesa.

Embora navios de guerra dos Estados Unidos cruzem o estreito quase mensalmente, apesar da oposição chinesa, os países aliados aos EUA costumam relutar em seguir o exemplo.

O Comando do Teatro Leste do Exército Popular de Libertação disse que organizou forças aéreas e navais para seguirem o Richmond e alertá-lo.

"Este tipo de comportamento oculta intenções más e prejudica a paz e a estabilidade no Estreito de Taiwan", disse. "Forças do Comando do Teatro sempre mantêm um nível alto de alerta e se contrapõem resolutamente a todas as ameaças e provocações."

As relações entre Pequim e Londres já estão tensionadas por causa de uma lista longa de questões, que vão do comércio aos direitos humanos.

A China intensifica seus exercícios no entorno de Taiwan e envia aeronaves de sua Força Aérea quase diariamente ao sudoeste da zona de defesa aérea taiwanesa.

(Por Gabriel Crossley; reportagem adicional de Ben Blanchard em Taipé)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos