Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.441,03
    -635,14 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,13 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,78
    +0,49 (+0,70%)
     
  • OURO

    1.879,50
    -16,90 (-0,89%)
     
  • BTC-USD

    36.020,44
    +480,25 (+1,35%)
     
  • CMC Crypto 200

    924,19
    -17,62 (-1,87%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,36 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.134,06
    +45,88 (+0,65%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,25 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    28.948,73
    -9,83 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    13.992,75
    +33,00 (+0,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1926
    +0,0391 (+0,64%)
     

China conclui pouso histórico de nave espacial em Marte

·1 minuto de leitura

(.)

Por Ryan Woo

PEQUIM (Reuters) - Uma espaçonave chinesa pousou com sucesso na superfície de Marte neste sábado, informou a agência de notícias estatal Xinhua, tornando a China a segunda nação, depois dos Estados Unidos, a pousar no planeta vermelho.

A espaçonave Tianwen-1 pousou em um local em uma vasta planície conhecida como Utopia Planitia, "deixando uma pegada chinesa em Marte pela primeira vez", disse a Xinhua.

O presidente chinês Xi Jinping emitiu uma mensagem de parabéns a todas as pessoas envolvidas na missão.

"Você foi corajoso o suficiente para o desafio, buscou a excelência e colocou nosso país nas posições avançadas da exploração planetária", disse ele. "Sua notável conquista ficará para sempre gravada nas memórias da pátria e do povo", acrescentou.

A nave deixou sua órbita estacionada por volta das 14hs de sexta-feira (1h, horário de Pequim, no sábado). O módulo de pouso se separou do orbitador três horas depois e entrou na atmosfera marciana, disse o jornal oficial China Space News.

(Reportagem adicional de David Stanway)