Mercado abrirá em 2 h 17 min

China anuncia fim da ‘extrema pobreza’ no país

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
O presidente da China, Xi Jinping. (Foto: Xinhua/Wang Ye via Getty Images)
O presidente da China, Xi Jinping. (Foto: Xinhua/Wang Ye via Getty Images)

Um porta-voz do governo chinês anunciou pelo Twitter que as últimas localidades do país afetadas pela “extrema pobreza” puderam ser retiradas dessa condição, anunciando assim o fim desse tipo limítrofe de miséria na China.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

O plano de chegar ao fim de 2020 sem nenhuma localidade do país afetada pela “extrema pobreza” foi declarado pelo governo chinês pela primeira vez em 2014, e desde então, segundo o porta-voz, mais de 93 milhões de pessoas saíram dessa condição.

Leia também:

No critério do governo chinês, pessoas que se encontram na “extrema pobreza” são aquelas que recebem menos de US$ 1,52 por dia, e possuem quase nenhum acesso a serviços básicos de saúde e educação. As informações são da Veja.

Os últimos locais afetados por esse tipo de miséria estavam na província de Guizhou, e incluíam ao todo nove condados.

A estratégia fazia parte de um plano político e social do próprio presidente chinês, Xi Jinping.