Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.057,22
    -1.202,27 (-0,93%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.202,80
    -376,30 (-0,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,97
    -1,18 (-1,64%)
     
  • OURO

    1.775,20
    -86,20 (-4,63%)
     
  • BTC-USD

    37.739,38
    -944,62 (-2,44%)
     
  • CMC Crypto 200

    937,18
    -32,70 (-3,37%)
     
  • S&P500

    4.221,86
    -1,84 (-0,04%)
     
  • DOW JONES

    33.823,45
    -210,22 (-0,62%)
     
  • FTSE

    7.153,43
    -31,52 (-0,44%)
     
  • HANG SENG

    28.558,59
    +121,75 (+0,43%)
     
  • NIKKEI

    29.018,33
    -272,68 (-0,93%)
     
  • NASDAQ

    14.178,50
    +197,25 (+1,41%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9698
    -0,0922 (-1,52%)
     

Chile ultrapassa 30 mil mortes por covid-19 e estende fechamento da fronteira

·2 minuto de leitura
'Nos últimos dias, observamos um grande aumento nas mortes e não vamos negar. Lamentamos a morte de tantos compatriotas, nos causa muita dor', disse o ministro da Saúde do Chile, Enrique Paris

As autoridades de saúde do Chile informaram nesta segunda-feira (7) que o país ultrapassou 30 mil mortes por covid-19 e anunciaram a prorrogação do fechamento de suas fronteiras até o final de junho.

O balanço diário da pandemia indicou que o Chile somou 121 mortes nesta segunda, chegando a um total de 30.058. Registrou ainda 6.958 novos casos, o que eleva o número de infecções a 1,4 milhão.

“Nos últimos dias, observamos um grande aumento nas mortes e não vamos negar. Lamentamos a morte de tantos compatriotas, nos causa muita dor”, disse o ministro da Saúde, Enrique Paris, ao divulgar o relatório.

Com hospitais com uma ocupação leitos de 96% e uma positividade de 8,39%, o governo decidiu estender até 30 de junho o fechamento das fronteiras que está em vigor desde abril, que restringe a saída do país de chilenos e residentes estrangeiros e proíbe a chegada de turistas.

“Não queremos que cheguem ao Chile variantes altamente contagiosas que vão aumentar o número de pacientes”, justificou Paris.

Ele também anunciou que, na campanha de vacinação realizada no país sul-americano, mais de 900 mil pessoas, com idades que variam entre 23 e 49 anos, estão atrasadas em sua imunização.

Nesta semana, entre segunda e quarta-feira, será vacinado o grupo de retardatários, enquanto entre quinta e domingo, será a vez dos jovens de 22 anos.

Mais de 11 milhões de pessoas foram vacinadas com uma dose (73,5% dos 19 milhões de habitantes do país) e 8,4 milhões com duas doses (55,4%).

“O Chile poderia ter até 25 mil casos por dia” se não estivesse vacinando em um ritmo acelerado, declarou Paris.

Até o momento, o país recebeu mais de 21 milhões de doses de vacinas: 3,6 milhões da Pfizer/BionTech, 603.600 da AstraZeneca pela iniciativa Covax, 17,1 milhões da Sinovac e mais de 300 mil da CanSino.

apg/msa/dga/ic/mvv

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos