Mercado abrirá em 5 h 6 min
  • BOVESPA

    122.515,74
    +714,95 (+0,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.869,48
    +1,16 (+0,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,43
    +0,17 (+0,24%)
     
  • OURO

    1.812,60
    -9,60 (-0,53%)
     
  • BTC-USD

    38.524,33
    -1.592,91 (-3,97%)
     
  • CMC Crypto 200

    936,57
    -24,33 (-2,53%)
     
  • S&P500

    4.387,16
    -8,10 (-0,18%)
     
  • DOW JONES

    34.838,16
    -97,31 (-0,28%)
     
  • FTSE

    7.108,16
    +26,44 (+0,37%)
     
  • HANG SENG

    26.127,30
    -108,50 (-0,41%)
     
  • NIKKEI

    27.641,83
    -139,19 (-0,50%)
     
  • NASDAQ

    14.985,00
    +32,25 (+0,22%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1192
    -0,0249 (-0,41%)
     

Chile planeja vacinar crianças com menos de 12 anos até setembro

·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- Com uma das campanhas de vacinação mais rápidas do mundo, o Chile espera começar a oferecer vacinas contra a Covid-19 para crianças menores de 12 anos até setembro.

Os planos de compra do governo incluem imunizantes para jovens dessa faixa etária, disse o subsecretário de Relações Econômicas Internacionais do Chile, Rodrigo Yañez, em entrevista à Bloomberg TV. As vacinas da Sinovac Biotech são candidatas para quando a campanha de imunização se expandir, dada sua eficácia contra o coronavírus e histórico de segurança, afirmou.

“Esperamos começar a vacinar essa população provavelmente por volta de agosto ou setembro”, disse Yañez, que lidera as negociações do governo com fornecedores de vacinas contra a Covid-19 no mundo todo. “Agora, estamos vacinando adolescentes.”

O Chile já vacinou 61% da população com duas doses, de acordo com o rastreador de vacinas da Bloomberg, uma proporção muito maior do que a de países da região e também mais do que países mais ricos, como Estados Unidos e Reino Unido. Depois de enfrentar ondas de Covid-19 no início deste ano, o país começou a relaxar as restrições com a queda dos casos.

Globalmente, muitos pais não querem vacinar os filhos, pois o risco de hospitalização e morte por causa da Covid-19 é baixo.

Uma equipe da Sinovac está atualmente no Chile em busca de diferentes locais para uma possível fábrica de vacinas que atenderia toda a região, disse Yañez na entrevista. “Também estamos interessados em fábricas de tecnologia de RNA”, afirmou.

O Chile continua em negociações para a compra de vacinas com fornecedores, incluindo Sinovac, Pfizer-BioNTech, Moderna e Sputnik V, disse Yañez. Na quarta-feira, o Instituto de Saúde Pública do país aprovou o uso da Sputnik V para adultos.

Até o momento, o Chile recebeu cerca de 18,6 milhões de vacinas da Sinovac, 6,1 milhões da Pfizer-BioNTech, 1,7 milhão da AstraZeneca e 575 mil da CanSino Biologics, segundo dados do gabinete da presidência. A população total do Chile é cerca de 18 milhões.

More stories like this are available on bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos