Mercado fechado
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,99 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,15
    -10,24 (-13,06%)
     
  • OURO

    1.788,10
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    54.961,75
    +694,02 (+1,28%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.365,60
    -89,82 (-6,17%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,04 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.044,03
    -266,34 (-3,64%)
     
  • HANG SENG

    24.080,52
    -659,64 (-2,67%)
     
  • NIKKEI

    28.751,62
    -747,66 (-2,53%)
     
  • NASDAQ

    16.051,00
    -315,00 (-1,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3485
    +0,1103 (+1,77%)
     

Chile anuncia que reforço da CoronaVac aumenta proteção contra covid para 80%

·1 min de leitura

Um novo estudo realizado no Chile trouxe informações importantes sobre a CoronaVac, vacina contra covid-19 produzida no Brasil pelo Instituto Butantan. Segundo o Ministério da Saúde chileno, a aplicação de uma terceira dose do imunizante elevou significativamente a proteção.

O estudo chileno acompanhou 4.785.749 pessoas, todos com o esquema completo de duas doses da CoronaVac. Do grupo em questão, 2.017.878 receberam a dose de reforço a partir de 11 de agosto. Destes, 1.506.154 tomaram a dose de reforço da AstraZeneca, 371.592 receberam a dose de reforço da Pfizer-BioNTech e 140.132, da CoronaVac.

O estudo demonstrou que o uso da terceira dose de CoronaVac em quem já havia recebido as duas primeiras aplicações do imunizante aumentou a proteção contra a infecção de 56% para 80,2%. Já a eficácia contra hospitalizações subiu de 84% para 88%.

A aplicação de uma dose do imunizante da Pfizer aumentou a proteção contra casos em geral de para 90%, e a da AstraZeneca, para 93%. Já contra hospitalizações, a Pfizer causou um aumento de 84% para 87% na proteção, enquanto a AstraZeneca elevou o patamar para 96,3%.

(imagem: e_mikh/envato)
(imagem: e_mikh/envato)

"As três vacinas que usamos como reforço em pessoas que foram vacinadas com a CoronaVac têm um efeito superpoderoso. Os resultados são robustos e sugerem que o efeito da dose de reforço, com qualquer vacina, é altamente eficaz na prevenção da covid-19 e hospitalizações", anuncia o infectologista Rafael Araos, do Ministério da Saúde do Chile.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos