Mercado fechado
  • BOVESPA

    119.564,44
    +1.852,44 (+1,57%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.399,80
    +71,60 (+0,15%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,31
    -0,38 (-0,58%)
     
  • OURO

    1.786,60
    +10,60 (+0,60%)
     
  • BTC-USD

    56.846,34
    +2.397,79 (+4,40%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.456,68
    +51,38 (+3,66%)
     
  • S&P500

    4.167,59
    +2,93 (+0,07%)
     
  • DOW JONES

    34.230,34
    +97,31 (+0,29%)
     
  • FTSE

    7.039,30
    +116,13 (+1,68%)
     
  • HANG SENG

    28.417,98
    -139,16 (-0,49%)
     
  • NIKKEI

    28.812,63
    -241,37 (-0,83%)
     
  • NASDAQ

    13.483,50
    -52,50 (-0,39%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4262
    -0,1131 (-1,73%)
     

Chicago publica imagens da morte de adolescente latino nas mãos da polícia

·1 minuto de leitura
Sequência de fotos montada com imagens de uma câmera corporal publicadas em 15 de abril de 2021 mostra Adam Toledo, de 13 anos, baleado pela polícia, em Chicago, em 29 de março de 2021

As autoridades de Chicago (norte dos Estados Unidos) divulgaram na quinta-feira (15) imagens de câmeras corporais da polícia, nas quais se vê como um agente atirou e matou um adolescente latino de 13 anos.

As imagens mostram o adolescente Adam Toledo fugindo de agentes na madrugada de 29 de março. Quando ele para e levanta as mãos, leva um tiro no peito.

Os promotores afirmam que estava armado, embora não se identifique, no vídeo, qualquer arma em suas mãos quando é baleado.

Em coletiva de imprensa na quinta-feira, a prefeita de Chicago, Lori Lightfoot, pediu uma resposta pacífica dos cidadãos depois do que ela descreveu como imagens "insuportáveis".

Após a divulgação do vídeo, pequenos grupos se reuniram ontem no centro de Chicago para protestar pacificamente pela morte do adolescente.

"Prenda o policial!", gritavam alguns, de acordo com a imprensa local.

"Não acho que importa se Adam era um bom garoto, ou se estava envolvido em alguma outra atividade inadequada. O fato é que ele estava andando na rua e foi baleado desarmado", disse a advogada da família de Toledo, Adeena Weiss-Ortiz, à imprensa.

As tensões sobre racismo e a brutalidade na ação policial têm sofrido uma escalada nos Estados Unidos.

Na vizinha Minneapolis, está sendo processado um ex-policial branco acusado de assassinar o afro-americano George Floyd.

O julgamento acontece na mesma semana em que outra sequência de disparos letais da polícia contra um motorista negro desarmado provocou violentos protestos em um subúrbio desta mesma cidade.

str-ft/caw/jfx/pc/mar/tt