Chevron supera estimativas de lucro no 1º tri apesar da queda do petróleo

Posto de combustível da Chevron nos EUA

Por Sabrina Valle

HOUSTON (Reuters) - A petrolífera Chevron superou as expectativas do mercado nesta sexta-feira, com lucros ligeiramente maiores no primeiro trimestre, com os ganhos do refino compensando as quedas nos preços de energia e na produção de petróleo.

O lucro líquido subiu 5% em relação ao ano anterior, para 6,57 bilhões de dólares, ou 3,46 dólares por ação. Os resultados superam o consenso em 4%, de acordo com dados da Refinitiv. O negócio de destaque da empresa foi o refino, no qual as margens mais altas impulsionaram a receita dessa unidade em cinco vezes, para 1,8 bilhão de dólares.

O lucro da Chevron com a produção de petróleo e gás caiu 25% devido às grandes quedas nos preços em relação ao mesmo período do ano passado.

O crescimento da produção em suas operações de xisto decepcionou, com Wall Street focando em resultados mornos de seus negócios de xisto na bacia do Permiano, no Texas. A empresa disse que os ativos não operados prejudicam os resultados no local.

O petróleo Brent, referência global para a commodity, foi negociado a uma média de 82 dólares por barril durante os primeiros três meses do ano, queda de 16% ante o ano anterior.

"Os preços do Brent estão altos, mas caíram bastante. Mas ainda estamos vendo retornos de dois dígitos médios" para cada dólar gasto pela empresa, disse o diretor financeiro da companhia, Pierre Breber, à Reuters.

(Reportagem de Sabrina Valle; reportagem adicional de Mrinalika Roy)