Mercado fechará em 6 h 55 min
  • BOVESPA

    113.794,28
    -1.268,26 (-1,10%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.192,33
    +377,16 (+0,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,33
    -0,28 (-0,39%)
     
  • OURO

    1.754,90
    -1,80 (-0,10%)
     
  • BTC-USD

    47.398,23
    -618,66 (-1,29%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.202,84
    -30,45 (-2,47%)
     
  • S&P500

    4.473,75
    -6,95 (-0,16%)
     
  • DOW JONES

    34.751,32
    -63,07 (-0,18%)
     
  • FTSE

    7.039,43
    +11,95 (+0,17%)
     
  • HANG SENG

    24.920,76
    +252,91 (+1,03%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,71 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.513,00
    -4,75 (-0,03%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2305
    +0,0457 (+0,74%)
     

Chevron planeja investir US$600 mi em parceria com Bunge para diesel renovável

·2 minuto de leitura
Marca da Chevron

SÃO PAULO (Reuters) - A petroleira Chevron planeja investir cerca de 600 milhões de dólares em duas instalações de esmagamento de soja de propriedade da empresa de commodities agrícolas Bunge, garantindo futura matéria-prima para combustíveis renováveis, disseram as duas empresas nesta quinta-feira.

O investimento resultará em uma joint venture 50/50, nos termos do memorando de entendimento que as duas empresas disseram ter firmado.

As refinarias americanas têm aumentado sua produção de combustíveis renováveis, estimuladas por incentivos federais e estaduais, e buscam garantir ofertas de óleos vegetais, gordura animal e óleo de cozinha usado, que algumas refinarias dizem ser difícil de obter.

A Chevron teria o direito de preferência para o óleo de soja esmagado pela Bunge, disseram as empresas.

As refinarias estão buscando parcerias com produtores agrícolas para obter e processar óleos vegetais para que possam produzir combustíveis verdes, como o chamado diesel renovável.

A joint venture proposta da Chevron e Bunge incluirá a expansão das instalações da Bunge em Destrehan, Louisiana, e Cairo, Illinois, para quase dobrar sua capacidade até 2024.

As instalações atualmente processam 7.000 toneladas de soja por dia, que podem produzir cerca de 330.000 a 340.000 galões de diesel à base de soja.

No início deste mês, a Marathon Petroleum anunciou que construiria um complexo de processamento de soja com a ADM em Spiritwood, Dakota do Norte, como parte de uma joint venture na qual a Marathon receberá acesso exclusivo ao óleo de soja.

Ao contrário de outros combustíveis verdes, como o biodiesel, o diesel renovável pode abastecer motores automotivos sem ser misturado ao diesel derivado do petróleo bruto, tornando-o uma opção de menor poluição.

Os preços do óleo de soja mais do que dobraram no ano passado, dificultando os planos de alguns refinadores.

A Chevron e a Bunge disseram que vão explorar matérias-primas de baixo carbono e possibilidades de pré-tratamento.

A Bunge já fornece óleo de soja para a Chevron, que coprocessa pequenas quantidades de diesel renovável em sua refinaria de El Segundo, Califórnia.

A Chevron disse que a quantidade de diesel renovável que produzirá será impulsionada pelas condições do mercado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos