Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.801,21
    -1.775,35 (-1,44%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.195,43
    -438,48 (-0,85%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,38
    +0,23 (+0,34%)
     
  • OURO

    1.812,20
    -2,30 (-0,13%)
     
  • BTC-USD

    39.799,30
    +1.357,82 (+3,53%)
     
  • CMC Crypto 200

    981,48
    +54,71 (+5,90%)
     
  • S&P500

    4.402,66
    -20,49 (-0,46%)
     
  • DOW JONES

    34.792,67
    -323,73 (-0,92%)
     
  • FTSE

    7.123,86
    +18,14 (+0,26%)
     
  • HANG SENG

    26.511,27
    +84,72 (+0,32%)
     
  • NIKKEI

    27.642,79
    +58,71 (+0,21%)
     
  • NASDAQ

    15.097,00
    +23,50 (+0,16%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1158
    -0,0025 (-0,04%)
     

Chesf aprova adesão à repactuação do risco hidrológico; desistirá de ação judicial

·1 minuto de leitura
Logo da empresa brasileira de eletricidade, Eletrobras.

SÃO PAULO (Reuters) - A Chesf, controlada da Eletrobras, aprovou adesão à repactuação do risco hidrológico, por entender que essa opção é mais vantajosa, em termos econômicos e financeiros, do que um processo judicial na qual estava envolvida, informou a elétrica estatal nesta segunda-feira.

Com a decisão, disse a Eletrobras, a Companhia Hidrelétrica do São Francisco vai desistir de ação judicial na qual obteve uma liminar que lhe garantia a neutralidade dos efeitos do rateio de liminares de outros agentes e do GSF --como é conhecido o risco hidrológico--, quando inferior a 95%, no mercado de curto prazo.

A opção pela desistência do processo, segundo a companhia, ocorreu porque os precedentes judiciais do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) são desfavoráveis a pleitos dos geradores hidrelétricos.

Com a desistência, haverá o pagamento de 1,45 bilhão de reais, montante retido na Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE). Segundo a Eletrobras, o processo está classificado como provável e já possuía valor provisionado de 1,6 bilhão de reais.

"Em contrapartida a desistência do processo judicial, a companhia será beneficiada, nos termos das condições de repactuação do risco hidrológico, com a postergação da concessão das usinas, com destaque para UHE Sobradinho, que terá sua concessão prorrogada por mais 7 anos", acrescentou a Eletrobras.

(Por Gabriel Araujo)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos