Mercado abrirá em 1 h 57 min
  • BOVESPA

    108.843,74
    -2.595,62 (-2,33%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.557,65
    -750,06 (-1,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,12
    +0,83 (+1,18%)
     
  • OURO

    1.767,20
    +3,40 (+0,19%)
     
  • BTC-USD

    43.427,68
    -1.090,63 (-2,45%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.090,28
    -44,11 (-3,89%)
     
  • S&P500

    4.357,73
    -75,26 (-1,70%)
     
  • DOW JONES

    33.970,47
    -614,41 (-1,78%)
     
  • FTSE

    6.986,54
    +82,63 (+1,20%)
     
  • HANG SENG

    24.221,54
    +122,40 (+0,51%)
     
  • NIKKEI

    29.839,71
    -660,34 (-2,17%)
     
  • NASDAQ

    15.124,00
    +114,50 (+0,76%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2466
    +0,0019 (+0,03%)
     

Chega ao fim o sonho do boliviano Zeballos na base do Santos

·1 minuto de leitura


Após sete meses, o sonho do meia boliviano Luis Zeballos de vestir a camisa do Santos chegou ao fim. Na semana passada, ele foi informado pelo supervisor das categorias de base do Peixe, Felipe Gil, que não seria aproveitado na equipe Sub-20 e o jogador não treina mais no clube.

Zeballos assinou contrato com o Santos em janeiro, mas sequer foi registrado pelo clube. Na época da assinatura, o Peixe estava proibido de registrar jogadores pelo Transferban da Fifa. Quando a proibição caiu, a janela de transferências para o futebol brasileiro estava fechada (ele só abre em 1º de agosto).

Neste período, Zeballos treinou primeiramente com a equipe Sub-23 e depois com o Sub-20. Com a reformulação feita nas categorias de base do clube e troca de treinadores em todas as categorias, o jogador perdeu espaço e foi informado sobre os planos do Peixe na semana passada.

Luis Zeballos tem passagens pelas seleções sub-15, sub-17 e sub-20 da Bolívia. Em 2019, foi titular em todos os jogos do país no Sul-Americano Sub-17. Ele atuava em projeto de formação em seu país.

O Santos segue com três bolivianos na base: o zagueiro Christian, o meia Miguel Terceiros e o atacante Enzo. Os três, porém, são menores de 18 anos e não podem ser registrados pelo clube porque a Fifa proíbe transferências de menores. O meia é visto como um potencial destaque para o time profissional no futuro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos