Chefes preferem contratar colega de bar a candidato mais preparado

SÃO PAULO - “Tenho certeza de que uma vez eu consegui um emprego porque a pessoa que me entrevistou foi com a minha cara. Olhando para trás, tenho certeza que não era a mais qualificada para trabalhar no programa de televisão em fui contratada”. O depoimento é de Susan Adams, colaboradora do site da Forbes.

Leia também:
Conheça os 20 melhores MBAs da Europa
Faça o teste e encontre seu o "Código Milionário"
As 15 frases que constroem os relacionamentos corporativos

Sua experiência exemplifica o que um acadêmico da Northwestern University confirmou: os empregadores nem sempre escolhem os candidatos mais qualificados. O professor Lauren Rivera explica que os recrutadores contratam pessoas que tiveram as melhores impressões pessoais. “Eles contratam as pessoas que poderiam ser suas amigas”, resume Rivera.

Para chegar à constatação, o estudo observou contratações em bancos de investimentos classe A, escritórios de advocacias e empresas de consultoria. Rivera realizou mais de 120 entrevistas com recrutadores e empregadores durante dois anos. O resultado foi que os entrevistados, muitas vezes, privilegiam seus sentimentos pessoais para a seleção, como o entusiasmo e conforto, sobre a capacitação dos candidatos com habilidades superiores ou técnicas.

Em outras palavras, eles contrataram profissionais que poderiam ter uma relação de afeto, como a amizade. “Em muitos aspectos, eles fizeram a seleção de maneira parecida com a escolha de amigos e parceiros românticos”, explica o autor do estudo.

Entre inúmeras entrevistas reveladoras, Rivera lembra que um gerente de banco de investimentos disse que escolhia conforme a uma situação inusitada. “Um dos meus principais critérios de avaliação é o que eu chamo de ‘O teste do aeroporto’: com qual candidato eu gostaria de ficar preso em um aeroporto em Minneapolis durante uma tempestade?”.

Capacidades analisadas (além das profissionais)
Segundo o estudo, entre as empresas pesquisadas, a demanda pela adaptação cultural foi a mais valorizada nos escritórios de advocacia, onde mais de 70% dos chefes disseram que “se ajustar na empresa” era algo importante para um profissional contratado. Em bancos de investimentos e empresas de consultoria, esse fator é avaliado por 60% e 40%, respectivamente, dos recrutadores.

Rivera constatou também que os passatempos, hobbies e esportes também são itens que podem diferenciar os candidatos. Ele cita a confissão de um banqueiro sobre sua preferência em uma entrevista: “ela [profissional contratada] jogava squash. Qualquer um que jogue squash eu amo”.

cotações recentes

 
Cotações recentes
Símbolo Preço Variação % Var 
Seus tickers vistos mais recentemente aparecerão aqui automaticamente se você digitou um ticker no campo "Inserir símbolo/empresa" na parte inferior deste módulo.
É necessário permitir os cookies do seu navegador para ver as cotações mais recentes.
 
Entre para ver as cotações nos seus portfólios.

Resumo do Mercado

  • Moedas
    Moedas
    NomePreçoVariação% Variação
    3,2351+0,0013+0,04%
    USDBRL=X
    3,6591+0,0044+0,12%
    EURBRL=X
    0,8842-0,0002-0,02%
    USDEUR=X
  • Commodities
    Commodities
    NomePreçoVariação% Variação

Destaques do Mercado

  • Líderes em Volume
    Líderes em Volume
    NomePreçoVariação% Variação
    12,67+0,32+2,59%
    PETR4.SA
    3,87+0,08+2,11%
    GOAU4.SA
    3,73+0,12+3,32%
    USIM5.SA
    15,81+0,24+1,54%
    VALE5.SA
    8,55+0,01+0,12%
    ITSA4.SA
  • Altas %
    Altas %
    NomePreçoVariação% Variação
    3,00+0,65+27,66%
    VULC3.SA
    2,65+0,54+25,59%
    HAGA4.SA
    1.000,01+197,80+24,66%
    JPPC11.SA
    8,08+1,58+24,31%
    LUPA3.SA
    17,99+3,21+21,72%
    PATI4.SA
  • Baixas %
    Baixas %
    NomePreçoVariação% Variação
    7,26-1,24-14,59%
    ENMT3.SA
    2,09-0,22-9,52%
    FJTA3.SA
    10,10-1,00-9,01%
    CREM3.SA
    2,43-0,23-8,65%
    CTKA4.SA
    1,27-0,11-7,97%
    IDVL3.SA