Mercado abrirá em 4 h 6 min

Chefe do FMI diz que alguns países podem precisar de reestruturação da dívida, não apenas congelamento

WASHINGTON (Reuters) - Alguns dos países mais pobres do mundo e economias de mercados emergentes podem precisar reestruturar sua dívida no futuro, disse a chefe do Fundo Monetário Internacional na quarta-feira, acrescentando que simplesmente congelar os pagamentos da dívida pode não ser suficiente.

A diretora-gerente do FMI, Kristalina Georgieva, disse que alguns países emergentes que adotaram políticas de dívida prudentes e sustentáveis estavam enfrentando a crise do coronavírus melhor do que outros, mas um pequeno universo de países com altos encargos provavelmente precisará de ajuda daqui para frente.

Ela disse que o Fundo desembolsou cerca de 260 bilhões de dólares do seu poder de empréstimo de 1 trilhão de dólares até agora, com financiamento emergencial concedido a 63 dos 103 países que pediram ajuda desde o início de março.

(Reportagem de Andrea Shalal)