Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.672,76
    -3.755,42 (-3,28%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.402,73
    -283,30 (-0,54%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,14
    +0,18 (+0,22%)
     
  • OURO

    1.768,50
    -2,00 (-0,11%)
     
  • BTC-USD

    64.200,48
    +2.103,32 (+3,39%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.488,31
    +24,96 (+1,71%)
     
  • S&P500

    4.519,63
    +33,17 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    35.457,31
    +198,70 (+0,56%)
     
  • FTSE

    7.217,53
    +13,70 (+0,19%)
     
  • HANG SENG

    25.787,21
    +377,46 (+1,49%)
     
  • NIKKEI

    29.388,98
    +173,46 (+0,59%)
     
  • NASDAQ

    15.396,25
    -2,25 (-0,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5085
    +0,0123 (+0,19%)
     

Chefe da ONU critica acesso desigual a vacinas

·1 minuto de leitura
(Arquivo) O secretário-geral da ONU, Antonio Guterres (AFP/Eduardo MUNOZ ALVAREZ)

O secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, chamou nesta quinta-feira de "imoral" e "estúpido" o monopólio de vacinas contra a Covid-19 pelos países ricos, alertando que essa situação abre espaço para o surgimento de novas variantes potencialmente perigosas do novo coronavírus.

“Não haver uma distribuição igualitária de vacinas não é apenas uma questão imoral, é também estúpida”, afirmou Guterres durante entrevista coletiva com o diretor geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus.

O acesso desigual "é o melhor aliado da pandemia, porque permite que as variantes se desenvolvam livremente, condenando o mundo a milhões de mortes adicionais e prolongando a desaceleração econômica", assinalou Guterres.

A meta da OMS é de que cerca de 40% da população de cada país esteja imunizada até o fim do ano, e chegar a 70% em meados de 2022. “Para atingir esses objetivos, serão necessários 11 bilhões de doses de vacinas. Não é um problema de abastecimento, mas de distribuição”, destacou Ghebreyesus, lembrando que a produção mundial é de quase 1,5 bilhão de doses por mês.

A OMS pede às fabricantes que transfiram a tecnologia e favoreçam o dispositivo de distribuição internacional Covax e o Fundo Africano para a Aquisição de Vacinas (Avat), promovido pela União Africana.

rjm-apo/mr/dbh/mr/lb

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos