Mercado abrirá em 7 h 10 min
  • BOVESPA

    108.376,35
    -737,80 (-0,68%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.006,11
    +197,55 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    77,20
    -1,30 (-1,66%)
     
  • OURO

    1.630,60
    -5,60 (-0,34%)
     
  • BTC-USD

    18.790,10
    -1.322,06 (-6,57%)
     
  • CMC Crypto 200

    429,90
    -29,24 (-6,37%)
     
  • S&P500

    3.647,29
    -7,75 (-0,21%)
     
  • DOW JONES

    29.134,99
    -125,82 (-0,43%)
     
  • FTSE

    6.984,59
    -36,36 (-0,52%)
     
  • HANG SENG

    17.382,31
    -478,00 (-2,68%)
     
  • NIKKEI

    26.016,44
    -555,43 (-2,09%)
     
  • NASDAQ

    11.230,25
    -103,50 (-0,91%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1400
    -0,0199 (-0,39%)
     

Chefe do Banco Mundial diz que nenhum acionista pediu sua renúncia

Manifestantes protestam em frente à sede do Banco Mundial após fala do presidente David Malpass sobre as mudanças climáticas

WASHINGTON (Reuters) - O presidente do Banco Mundial, David Malpass, disse nesta sexta-feira que nenhum dos acionistas do banco de desenvolvimento global pediu sua renúncia após as críticas desencadeadas quando se recusou a dizer se aceita o consenso científico sobre o aquecimento global.

Malpass disse ao Politico ter sido "infeliz" pela maneira como deu sua resposta a esse questionamento durante um evento na terça-feira e reiterou acreditar que a atividade humana causou as mudanças climáticas, enquanto defende a "liderança vigorosa" do banco nas questões sobre mudanças climáticas.

Questionado se algum acionista havia pedido que ele se demitisse por causa da questão, Malpass disse: "Não, nenhum pediu".

(Por Andrea Shalal)