Mercado fechado
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,45 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,09 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,22
    -0,28 (-0,42%)
     
  • OURO

    1.782,10
    +21,40 (+1,22%)
     
  • BTC-USD

    49.474,29
    +1.776,42 (+3,72%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.367,14
    -74,62 (-5,18%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,71 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.122,32
    -6,89 (-0,10%)
     
  • HANG SENG

    23.766,69
    -22,24 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    28.029,57
    +276,20 (+1,00%)
     
  • NASDAQ

    15.687,50
    -301,00 (-1,88%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3953
    +0,0151 (+0,24%)
     

Chaves | Como Chiquinha entrou para o Livro dos Recordes?

·2 min de leitura

Ícone da infância de diversas gerações, a Chiquinha foi um personagem que marcou não só a tela da televisão mexicana como também a brasileira. Interpretada pela atriz María Antonieta de las Nieves, a garotinha que chorava aos berros em Chaves marcou época e agora entrou para a história do Guinness Book, o livro dos recordes.

De acordo com a publicação, de las Nieves interpretou Chiquinha por 48 anos e 261 dias, tendo a "mais longa carreira como atriz no mesmo papel infantil". A atriz celebrou a marca com uma publicação feita em seu próprio Instagram:

Obrigada GUINNESS WORLD RECORDS pelo título de "a atriz com a mais longa carreira profissional interpretando o mesmo personagem infantil (48 anos e 261 dias)"

Atualmente com 70 anos de idade, de las Nieves também chegou a publicar um vídeo de agradecimento nas redes sociais. "Hoje é um dia muito especial na minha vida, me sinto muito honrada de estar recebendo esse prêmio pela primeira vez", diz a atriz na mídia. "Graças à minha Chiquinha tenho esse reconhecimento maravilhoso que me dá muita alegria".

Nos comentários, os fãs brasileiros de Chaves, país que foi um diferencial no sucesso da série, também demonstraram muito carinho à atriz. "Obrigado por fazer parte da minha infância fantástica", escreveu um espectador.

Carlos Tapia, do Guinness Book, declarou que "a Chiquinha é uma personagem altamente reconhecida em vários países da América Latina e no mundo. A experiência e extensa trajetória são inquestionáveis, já que, durante décadas, gerações após gerações cresceram e desfrutaram da sua personagem".

Originalmente, Chaves ficou no ar de 26 de fevereiro de 1973 e 7 de janeiro de 1980, mas chegou a ser reexibido durante anos na televisão aberta até 2020, quando uma mudança contratual com a Televisa, canal mexicano que possui os direitos dos arquivos, e o Grupo Chespirito, que detém os roteiros escrito por Roberto Gómez Bolaños, o Chaves, retirou a atração do ar.

No entanto, a série seguiu marcando a vida de diversas crianças ao longo de todos esses anos em que foi exibida pelo SBT. Já María de las Nieves continuou interpretando a personagem em turnês pela América Latina, mesmo com a série sendo interrompida, o que lhe rendeu o reconhecimento do livro dos recordes.

O primeiro episódio de Chaves no Brasil, O Matador de Lagartixas, foi ao ar no dia 24 de agosto de 1984. Desde então, o programa se tornou um fenômeno no SBT, a ponto de eventualmente ultrapassar a audiência da TV Globo. Chaves foi criado em 1971, contando com humor a vida de crianças que moram em uma vila, trazendo personagens bem característicos e com bordões que fizeram história.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos