Mercado fechado

Charles III ganhava R$ 141,6 milhões por ano como dono de terras

Charles III, que se tornou rei neste sábado (10), ganhava milhões como dono de terras. Foto: Jane Barlow / Pool / REUTERS.
Charles III, que se tornou rei neste sábado (10), ganhava milhões como dono de terras. Foto: Jane Barlow / Pool / REUTERS.
  • Ducado da Cornualha gerou para o rei Charles III uma renda anual de US$ 27,5 milhões anuais;

  • Leis do ducado faziam de Charles III o maior proprietário de terras da Inglaterra;

  • Estima-se que patrimônio atual do monarca seja de cerca de US$ 1,5 bilhão.

Com a morte da rainha Elizabeth II na última quinta-feira (8), e a proclamação de Charles III como novo monarca da Inglaterra neste sábado (10), as finanças da família real britânica voltaram a ser tema de discussão nas redes sociais. Segundo o portal Fox Business, o título de Duque da Cornualha gerou uma grande fortuna ao rei.

O ducado, que fica localizado no condado da Cornualha, ao extremo sudoeste do país, forneceu ao atual monarca uma renda anual de US$ 27,5 milhões, cerca de R$ 141,6 milhões, na cotação atual.

O valor era usado para seu próprio sustento e também para o de sua esposa, Camilla, e de seus filhos, os príncipes William e Harry, além de suas respectivas famílias.

Leia também:

As leis do ducado tornaram Charles III o maior proprietário de terras da Inglaterra, com cerca de 135 mil acres espalhados por 23 condados, incluindo o aluguel de 600 unidades residenciais e mais de 700 arrendamentos agrícolas, ou seja, 13% das terras do condado.

Um ducado é uma propriedade privada que fornece renda para o herdeiro do monarca. Em 1337, o rei Eduardo III estabeleceu a carta decretando que o duque da Cornualha deveria ser o seu rebento mais velho e herdeiro do trono.

A carta apontava que o ducado incluía um título, uma honra, propriedades de terras e também finanças para sustentá-las.

Estima-se que o patrimônio atual do novo rei seja de US$ 1,5 bilhão, o equivalente a cerca de R$ 7,7 bilhões.

*Com informações do Fox Business.