Mercado fechado
  • BOVESPA

    107.829,73
    -891,85 (-0,82%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.335,51
    -713,54 (-1,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    77,52
    +0,38 (+0,49%)
     
  • OURO

    1.885,40
    +0,60 (+0,03%)
     
  • BTC-USD

    23.237,73
    +450,87 (+1,98%)
     
  • CMC Crypto 200

    534,56
    +8,61 (+1,64%)
     
  • S&P500

    4.164,00
    +52,92 (+1,29%)
     
  • DOW JONES

    34.156,69
    +265,67 (+0,78%)
     
  • FTSE

    7.864,71
    +28,00 (+0,36%)
     
  • HANG SENG

    21.298,70
    +76,54 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    27.685,47
    0,00 (0,00%)
     
  • NASDAQ

    12.753,25
    -23,50 (-0,18%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5789
    +0,0596 (+1,08%)
     

Changpeng Zhao diz que rival pagou milhões para site falar mal da Binance

Changpeng Zhao da Binance e Sam Bankman-Fried da FTX falando sobre regulamentação das criptomoedas.
Changpeng Zhao da Binance e Sam Bankman-Fried da FTX falando sobre regulamentação das criptomoedas.

Participando de uma conversa no Twitter, Changpeng Zhao (CZ) afirmou que a FTX pagou US$ 43 milhões de dólares para um portal falar mal de sua corretora, a Binance. Na sequência, o bilionário também afirmou que traders são outros gostam de espalhar notícias negativas, afinal isso os ajuda caso estejam vendidos.

Embora a Binance tenha investido na FTX em 2019, a parceria tornou um rumo inesperado em novembro do ano passado, quando Zhao expressou suas dúvidas em relação à competência e honestidade de Sam Bankman-Fried e outros executivos.

Como consequência, a FTX sofreu uma corrida de saques e provou-se insolvente. Na sequência, a Binance chegou a mostrar interesse em comprar sua rival, mas retrocedeu após ver seus livros contábeis, dando início a mais ataques pelas duas partes.

CEO da Binance ataca FTX

Enquanto investidores furiosos tentam invadir a casa de Sam Bankman-Fried, Changpeng Zhao segue atacando este que já foi seu maior rival. Participando de uma conversa no Twitter, o bilionário afirmou que sua falida concorrente gastou US$ 43 milhões para publicar matérias negativas sobre sua corretora.

No entanto, notou que “as pessoas são muito inteligentes hoje” e que “a maioria das pessoas não é mais enganada por títulos clickbait.”

“Não acho que vai parar, mas não acho que vai nos incomodar tanto no futuro.”

Conforme tais matérias podem manchar a identidade de uma empresa, Zhao também notou que traders podem lucrar com a “geração de notícias negativas”.

Além de manchetes em sites, vale notar que tais pessoas também usam suas redes sociais para mexer com o mercado, seja para cima ou para baixo, especialmente com shitcoins. Portanto, cabe ao próprio investidor realizar uma pesquisa avançada para eliminar estes ruídos.

CZ fala sobre regulamentação do mercado

Já em texto, Changpeng Zhao comentou sobre a regulamentação do mercado. Citando um artigo do FMI, elogiou a matéria, afirmando que “clareza regulatória é necessária o mais rápido possível.”

Recentemente, a Binance obteve licenças para operar em diversos países. Portanto, quanto mais claras estiverem as leis, mais fácil será para empreendedores trabalharem nos conformes, o que pode servir de proteção aos usuários finais.

Outro ponto comentado pelo bilionário foram as stablecoins. Segundo Zhao, elas são “uma ferramenta chave para reserva de valor e devem ser regulamentadas para garantir a integridade do mercado.”

No momento, a stablecoin Binance USD (BUSD) é a sétima maior criptomoeda do mercado. Dentre as moedas estáveis, fica atrás apenas da Tether (USDT) e USD Coin (USDC).

Portanto, Zhao pode estar muito interessado neste espaço conforme este é um dos setores que está mais tranquilo nos últimos tempos, principalmente por conta das altas taxas de juros dos EUA.

Fonte: Changpeng Zhao diz que rival pagou milhões para site falar mal da Binance

Veja mais notícias sobre Bitcoin. Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.