Mercado fechado
  • BOVESPA

    120.348,80
    -3.131,73 (-2,54%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.892,28
    -178,63 (-0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,04
    -1,53 (-2,86%)
     
  • OURO

    1.827,70
    -23,70 (-1,28%)
     
  • BTC-USD

    37.373,70
    +1.267,85 (+3,51%)
     
  • CMC Crypto 200

    701,93
    -33,21 (-4,52%)
     
  • S&P500

    3.768,25
    -27,29 (-0,72%)
     
  • DOW JONES

    30.814,26
    -177,26 (-0,57%)
     
  • FTSE

    6.735,71
    -66,25 (-0,97%)
     
  • HANG SENG

    28.573,86
    +77,00 (+0,27%)
     
  • NIKKEI

    28.519,18
    -179,08 (-0,62%)
     
  • NASDAQ

    12.759,00
    -142,00 (-1,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3926
    +0,0791 (+1,25%)
     

Chacina no Ceará: homens armados invadem casas e matam sete pessoas

·1 minuto de leitura
Delegacia Municipal de Quixadá investiga o caso (Foto: Reprodução)
Delegacia Municipal de Quixadá investiga o caso (Foto: Reprodução)

Um grupo de homens armados invadiu uma casa e matou pelo menos sete pessoas, entre elas uma criança. O crime aconteceu em Ibaretema, no Ceará, na madrugada desta quinta-feira, 26. As informações são do portal G1.

Em pouco mais de um mês, é a segunda chacina registrada do Ceará.

Segundo a delegacia municipal de Quixadá, os homens entraram encapuzados pelos fundos da casa. A equipe da Perícia Forense do Ceará esteve no local e confirmou que, entre as sete vítimas, estão uma mulher e uma criança.

Leia também

Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social e Defesa Social, todas as informações sobre a morte estão sendo registradas pelos departamentos de Homicídios e Proteção à Pessoa e de Polícia Judiciária do Interior Sul, da Polícia Civil, e também pela Coordenadoria de Inteligência da pasta.

No dia 18 de outubro, cinco homens foram assassinados a tiro em Quiterianópolis, a 410 quilômetros de Fortaleza. Segundo testemunhas, as vítimas estavam tomando bebidas alcoólicas quando foram abordados por quatro homens armados. Eles mandaram as vítimas deixarem no chão e disparara.