Mercado fechado
  • BOVESPA

    107.964,27
    +406,60 (+0,38%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.897,33
    -20,95 (-0,04%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,59
    +0,54 (+0,75%)
     
  • OURO

    1.785,50
    +0,80 (+0,04%)
     
  • BTC-USD

    50.573,14
    -345,20 (-0,68%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.316,96
    +11,84 (+0,91%)
     
  • S&P500

    4.689,72
    +2,97 (+0,06%)
     
  • DOW JONES

    35.661,49
    -57,94 (-0,16%)
     
  • FTSE

    7.337,05
    -2,85 (-0,04%)
     
  • HANG SENG

    23.996,87
    +13,21 (+0,06%)
     
  • NIKKEI

    28.860,62
    +405,02 (+1,42%)
     
  • NASDAQ

    16.358,50
    +40,50 (+0,25%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2802
    -0,0595 (-0,94%)
     

CGT Eletrosul compra 49% da TSLE por R$217,55 mi, diz Eletrobras

·1 min de leitura
Linha de transmissão de energia

Por Marta Nogueira

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Eletrobras informou em fato relevante nesta terça-feira que a CGT Eletrosul assinou contrato com a CEEE-T para a compra de fatia de 49% na Transmissora Sul Litorânea de Energia (TSLE), por 217,55 milhões de reais.

A empresa havia informado sobre a operação em maio, quando um acordo definitivo ainda dependia de outros passos.

O pagamento da CGT Eletrosul à CEEE-T deverá ocorrer no prazo máximo de 30 dias contados da presente data, quando será realizada a transferência das ações, disse a estatal elétrica.

Com a implementação da operação, a CGT Eletrosul passa a deter 100% do capital social da TSLE e irá promover futuramente a incorporação dessa SPE, conforme a estratégia da empresa que visa a racionalização das participações societárias.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos