Mercado fechará em 1 h 17 min
  • BOVESPA

    111.196,49
    -877,05 (-0,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.385,85
    -633,06 (-1,15%)
     
  • PETROLEO CRU

    76,44
    +0,03 (+0,04%)
     
  • OURO

    1.931,30
    -11,50 (-0,59%)
     
  • BTC-USD

    23.883,91
    +881,89 (+3,83%)
     
  • CMC Crypto 200

    545,59
    +0,27 (+0,05%)
     
  • S&P500

    4.175,73
    +56,52 (+1,37%)
     
  • DOW JONES

    33.939,62
    -153,34 (-0,45%)
     
  • FTSE

    7.820,16
    +59,05 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    21.958,36
    -113,82 (-0,52%)
     
  • NIKKEI

    27.402,05
    +55,17 (+0,20%)
     
  • NASDAQ

    12.826,50
    +412,25 (+3,32%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4607
    -0,0937 (-1,69%)
     

CES 2023 | BMW apresenta carro que muda de cor quando motorista quiser

A BMW mostrou uma evolução da tecnologia E Ink durante a CES 2023. Em seu estande no evento, a montadora alemã exibiu o BMW i Vision Dee, um protótipo equipado com uma pintura especial e muitas outras tecnologias que devem aparecer nos carros da empresa a partir de 2025.

Segundo a montadora alemã, o BMW i Vision Dee leva esse nome, que significa Digital Emotional Experience (Experiência Emocional Digital), porque considera que o futuro dos carros passa por trazer mais emoções e um maior vínculo entre as pessoas e o veículo.

"Com o BMW i Vision Dee, mostramos o que é possível quando hardware e software se fundem. Dessa forma, somos capazes de explorar todo o potencial da digitalização para transformar o carro em um companheiro inteligente. Esse é o futuro para os fabricantes de automóveis — e, também, para a BMW: a fusão da experiência virtual com o genuíno prazer de dirigir", afirma Oliver Zipse, Presidente do Conselho de Administração da BMW.

Protótipo consegue mudar de cor em várias partes da lataria (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)
Protótipo consegue mudar de cor em várias partes da lataria (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

Para que o leitor do Canaltech se lembre, na CES de 2021 a BMW mostrou uma versão do então novíssimo BMW iX que trazia um embrião do que hoje é a E Ink. No caso, o SUV elétrico poderia assumir cores diferentes, mas sempre dentro do espectro do branco e do preto. Hoje, 32 cores estão disponíveis e podem ser escolhidas de acordo com o seu humor ou o tempo, por exemplo.

Não é feitiçaria, é tecnologia

O Canaltech apurou com um pouco mais de detalhes como funciona a tecnologia E Ink no i Vision Dee. Desta vez, a pintura do carro foi dividida em 240 peças que podem ser "pintadas" individualmente, chamadas pela empresa de ePaper. Cada peça dessa é retroiluminada e pode ser configurada de acordo com a vontade do motorista.

Uma versão mais "pronta" do BMW i Vision Dee (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)
Uma versão mais "pronta" do BMW i Vision Dee (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

O processo de corte a laser usado para moldar os filmes e o design do controle eletrônico foram desenvolvidos em parceria com a E Ink. A adaptação desta tecnologia para superfícies curvas e a programação das animações foram desenvolvidas pelos engenheiros do BMW Group.

Parte dessa tecnologia também foi aplicada nas rodas, que possuem calotas especiais que, além de ajudarem na aerodinâmica, receberam as placas que mudam de cor. Por mais que tenha essa mudança de tonalidade, o design do carro é incrivelmente discreto — podem acreditar.

Interior também é tecnológico

A BMW aproveitou a CES 2023 para mostrar outras novidades dentro do i Vision Dee. A empresa revelou o novo BMW Head Up Display, uma evolução da reprodução de informações do carro no pára-brisas. Desta vez, toda a parte envidraçada pode ser utilizada e exibir uma série de informações do carro.

Pára-brisas agora será bem mais do que uma simples proteção (Imagem: Divulgação/ BMW)
Pára-brisas agora será bem mais do que uma simples proteção (Imagem: Divulgação/ BMW)

Além disso, a empresa mostrou como funciona o BMW Mixed Reality Slider, que atua em conformidade com o novo head up display. Usando sensores no painel de instrumentos, o motorista pode decidir por si a quantidade de conteúdo digital que deseja ver pára-brisas. A seleção de cinco níveis varia de analógico a informações relacionadas à direção, ao conteúdo do sistema de comunicação e à projeção de realidade aumentada, até a entrada no metaverso.

Essas tecnologias também devem aparecer nos carros da marca a partir de 2025, no que a empresa chama de fase Neue Klasse.

BMW i Vision Dee vai virar um carro de verdade?

A julgar pelo seu porte compacto, muito dificilmente o BMW i Vision Dee será lançado como um carro de produção nesses moldes. Como é de praxe na CES, as empresas automotivas mostram conceitos que devem aparecer nos vindouros modelos, e isso não será diferente com o Vision Dee.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: