Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.523,47
    -1.617,17 (-1,47%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.049,05
    +174,14 (+0,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,23
    -2,65 (-3,49%)
     
  • OURO

    1.877,70
    -53,10 (-2,75%)
     
  • BTC-USD

    23.327,41
    -45,93 (-0,20%)
     
  • CMC Crypto 200

    535,42
    -1,43 (-0,27%)
     
  • S&P500

    4.136,48
    -43,28 (-1,04%)
     
  • DOW JONES

    33.926,01
    -127,93 (-0,38%)
     
  • FTSE

    7.901,80
    +81,64 (+1,04%)
     
  • HANG SENG

    21.660,47
    -297,89 (-1,36%)
     
  • NIKKEI

    27.509,46
    +107,41 (+0,39%)
     
  • NASDAQ

    12.616,50
    -230,25 (-1,79%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5385
    +0,0488 (+0,89%)
     

CES 2023 | ASUS renova ProArt Studiobook 16 com tela OLED 3D e novas CPUs Intel

Durante a CES 2023, a ASUS apresentou o ProArt Studiobook 16 2022, mais novo notebook premium da fabricante com foco em profissionais. Além de um design renovado focado em aprimorar a refrigeração e novas CPUs e GPUs de Intel e Nvidia, o laptop chama atenção pela presença dos recursos já consagrados da marca para aplicações profissionais, pela ficha técnica robusta, conectividade bastante avançada e a inédita tela OLED 3D com tecnologia proprietária.

O ProArt Studiobook 16 chega embarcado com os novos processadores Intel Alder Lake-HX de 13ª geração, com até 24 núcleos e 32 threads, acompanhados das também recém-anunciadas Nvidia GeForce RTX 4000 mobile — ainda não está confirmado quais modelos de chips gráficos serão utilizados.

Completa a ficha técnica os até 64 GB de RAM DDR5-4800, com dois slots disponíveis para upgrade, e até 8 TB de armazenamento SSD M.2 NVMe PCIe 4.0, com dois slots disponíveis para troca e adição de mais discos.

Para garantir a performance dos componentes mantendo as temperaturas sob controle, a ASUS implementou uma série de medidas interessantes, começando pelo design do notebook. Lembrando muito o que a Lenovo adota na família gamer Legion, o novo Studiobook possui construção chamada pela empresa de "Step-wise design", em que a tampa está mais levantada e há uma extensão na traseira para aprimorar a refrigeração.

Com visual renovado pensado para aprimorar a refrigeração, o ASUS ProArt Studiobook 16 2023 é o primeiro notebook a trazer tela OLED 3D (Imagem: ASUS)
Com visual renovado pensado para aprimorar a refrigeração, o ASUS ProArt Studiobook 16 2023 é o primeiro notebook a trazer tela OLED 3D (Imagem: ASUS)

O lançamento também teria "design por tecla" para permitir maior entrada de ar através do teclado, uso de metal líquido como interface para dissipar o calor dos chips com maior velocidade, e um enorme heatsink com 7 heatpipes e duas ventoinhas de 102 pás cada, apoiados por 4 áreas de exaustão. Com todo esse esforço, a empresa garante que em cargas de trabalho pesadas que combinam CPU e GPU, os processadores poderiam chegar aos 150 W (55 W da CPU + 95 W da GPU).

A característica de maior destaque do aparelho é sua tela OLED 3D, a ASUS Spatial Vision. O display de 16 polegadas em proporção 16:10 embarca um painel OLED premium comum, com resolução 3.2K de 3200 x 1200 pixels, taxa de atualização de 120 Hz e 100% de cobertura da gama de cores DCI-P3, com promessa de altíssima precisão graças à variação Delta-E abaixo de 2, mas chama atenção pela tecnologia 3D.

A tela ASUS Spatial Vision combina o painel OLED premium a camadas de cristal líquido e lente lentícular paraa gerar o efeito de profundidade (Imagem: ASUS)
A tela ASUS Spatial Vision combina o painel OLED premium a camadas de cristal líquido e lente lentícular paraa gerar o efeito de profundidade (Imagem: ASUS)

O painel combina o OLED com uma lente lenticular, que modifica o foco em pontos específicos, e uma camada de cristal líquido para converter a imagem entre 2D e 3D, lembrando bastante o que a Acer fez com o SpatialLabs, sua própria tela com projeção tridimensional. Assim como a rival, a solução da ASUS não exige óculos especiais, e já seria compatível com uma ampla gama de programas, incluindo SteamVR, a API Vulkan, Unity Engine, Unreal Engine, Blender e Nvidia Omniverse, além de formatos de arquivos como .FBX, .3DS, .MP4, .OBJ e outros.

A ideia seria proporcionar uma experiência mais imersiva em games, vídeos e até no Metaverso, ao mesmo tempo em que possibilita criadores de conteúdo e outros profissionais a terem uma visualização mais precisa das produções que estão desenvolvendo. É importante destacar que a tela 3D é um opcional — o Studiobook também será lançado com o mesmo painel OLED em uma versão 2D tradicional.

A versão 2.0 do ASUS ProArt Creator Hub possibilita o uso do DialPad em qualquer app, e dá mais controle ao usuário (Imagem: ASUS)
A versão 2.0 do ASUS ProArt Creator Hub possibilita o uso do DialPad em qualquer app, e dá mais controle ao usuário (Imagem: ASUS)

Ambas terão suporte à caneta stylus, que pela primeira vez no mercado poderá ser usada ainda no trackpad do dispositivo (28% maior que na geração passada), similar a uma mesa digitalizadora. Fora isso, estão de volta recursos como o ASUS Dial, a roda de ajustes rápidos configuráveis integrada ao trackpad, e a suíte de software ProArt Creator Hub, agora em sua versão 2.0, tendo como novidades o uso do dial em qualquer programa, configurações mais amplas do painel de controle da ASUS e gerenciador de cores desenvolvido com a Pantone.

O conjunto de conectividade também é outro ponto forte do laptop profissional estreante, estando presentes duas portas Thunderbolt 4 (40 Gbps), duas portas USB-A 3.2 Gen 2 (10 Gbps), porta Ethernet de 2,5 Gbps, Wi-Fi 6E, HDMI 2.1, conector P2 para fones de ouvido e microfone, e leitor de cartões SD no padrão SD Express 7.0, que suporta taxas de transferência elevadas de até 985 MB/s.

O ProArt Studiobook 16 2023 também se destaca pelo processamento extremamente poderoso e a lista avançada de conexões (Imagem: ASUS)
O ProArt Studiobook 16 2023 também se destaca pelo processamento extremamente poderoso e a lista avançada de conexões (Imagem: ASUS)

Outros destaques incluem MUX Switch, para desabilitar a GPU integrada e ter mais desempenho com acesso direto à GPU dedicada na tela do notebook, certificação militar MIL-STD-810H de resistência a impactos, radiação, vibração e umidade, HDR com Dolby Vision e certificação DisplayHDR Black 500, som estéreo otimizado pela Harman Kardon com Dolby Atmos, dobradiça que atinge abertura de 180°, webcam Full HD com infravermelho para biometria facial, bateria de 90 Wh e Windows 11 de fábrica.

Todos os produtos apresentados pela ASUS na CES 2023 terão detalhes de preço e disponibilidade revelados apenas nos próximos meses.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: