Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.523,47
    -1.617,17 (-1,47%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.049,05
    +174,14 (+0,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,23
    -2,65 (-3,49%)
     
  • OURO

    1.877,70
    -53,10 (-2,75%)
     
  • BTC-USD

    23.461,52
    -161,39 (-0,68%)
     
  • CMC Crypto 200

    535,42
    -1,43 (-0,27%)
     
  • S&P500

    4.136,48
    -43,28 (-1,04%)
     
  • DOW JONES

    33.926,01
    -127,93 (-0,38%)
     
  • FTSE

    7.901,80
    +81,64 (+1,04%)
     
  • HANG SENG

    21.660,47
    -297,89 (-1,36%)
     
  • NIKKEI

    27.509,46
    +107,41 (+0,39%)
     
  • NASDAQ

    12.616,50
    -230,25 (-1,79%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5385
    +0,0488 (+0,89%)
     

CES 2023 | ASUS lança monitor ROG Swift OLED de 240 Hz e novos periféricos

Concluindo sua série de anúncios feitos na CES 2023, a ASUS apresentou o ROG Swift OLED PG27AQDM, um dos primeiros monitores gamer a contar com tela OLED de resolução QHD. Além da taxa de atualização de 240 Hz, a novidade chama atenção pela solução dedicada de resfriamento e os diversos mecanismos desenvolvidos para evitar o burn-in e entregar uma experiência de uso superior. A empresa aproveitou ainda a oportunidade para lançar três novos periféricos de alta performance, em parceria com a Aim Lab.

Novo ROG Swift OLED é primeiro com tela QHD

Seguindo o crescimento dos painéis OLED no segmento gamer, a ASUS apresentou o mais novo integrante da família ROG Swift OLED, o PG27AQDM. O monitor estreante é o primeiro da marca a chegar em um tamanho mais convencional, de 27 polegadas, e um dos primeiros do mercado a adotar um display OLED com resolução Quad HD — até o momento, quase todas as soluções com esse tipo de tela apresentavam resolução 4K ou Quad HD ultrawide.

Com 27 polegadas, taxa de atualização de 240 Hz e 2560 x 1440 pixels em proporção 16:9, a novidade oferece todos os benefícios esperados da tecnologia, incluindo o contraste intenso, o tempo de resposta irrisório de apenas 0,03 ms (contra média de 1 a 4 ms dos painéis LCD) e a alta precisão de cores, com 135% da gama sRGB e 99% da gama DCI-P3, e promete uma experiência superior com alguns dos ajustes implementados pela marca.

Primeiro monitor OLED de 27 polegadas da marca, o ASUS ROG Swift OLED PG27AQDM traz especificações poderosas, incluindo resolução QHD e taxa de atualização de 240 Hz (Imagem: ASUS)
Primeiro monitor OLED de 27 polegadas da marca, o ASUS ROG Swift OLED PG27AQDM traz especificações poderosas, incluindo resolução QHD e taxa de atualização de 240 Hz (Imagem: ASUS)

Há uma camada de micropartículas que dispersam a luz e evitam reflexos, enquanto a calibração de fábrica para atingir desvio de Delta E < 2 deve garantir que o novo ROG Swift OLED sai da caixa preparado para atender coloristas e outros criadores de conteúdo profissionais. No entanto, o que mais se destaca é o pico de brilho de 1.000 nits, extremamente elevado para painéis OLED, por estressar o display em excesso e consequentemente aumentar os riscos de burn-in, as indesejadas "imagens-fantasma".

A ASUS teria atingido essa especificação com conforto graças a uma série de recursos dedicados a impedir que o burn-in aconteça — ou ao menos que seja adiado o máximo possível. Além das proteções amplamente utilizadas na indústria, como pixel cleaning (que estressa o painel por inteiro de tempos em tempos para deixá-lo uniforme) e a redução de brilho nas regiões onde há logos fixos, a gigante desenvolveu duas tecnologias proprietárias: a Intelligent Cooling System e a Intelligent Voltage Optimization.

A ASUS desenvolveu as tecnologias Intelligent Cooling System e Intelligent Voltage Optimization para reduzir ao máximo o risco de burn-in (Imagem: ASUS)
A ASUS desenvolveu as tecnologias Intelligent Cooling System e Intelligent Voltage Optimization para reduzir ao máximo o risco de burn-in (Imagem: ASUS)

A primeira é um sistema de refrigeração customizado que ocupa a maior parte da região traseira do painel, desenhado de maneira a intensificar o fluxo de ar e distribuir melhor o calor, evitando assim que áreas específicas da tela sejam expostas a temperaturas muito elevadas — imagens térmicas feitas pela companhia reforçam como há melhor distribuição no novo monitor. A ASUS também afirma que o método reduziria as temperaturas em até 5%.

Já a segunda emprega um algoritmo inteligente que ajusta automaticamente a voltagem aplicada nos pixels de acordo com a temperatura, permitindo atingir o nível mais alto de brilho possível sem exigir demais do painel. Fecha o pacote a compatibilidade com o software DisplayWidget Center, que concentra todas as configurações do monitor junto de alguns recursos adicionais, como o modo de brilho uniforme e o eSports Dual Mode, que possibilita reduzir o tamanho útil da tela para aprimorar o gameplay profissional.

ASUS apresenta novo set de periféricos

Além do monitor, a ASUS também apresentou os novos mouse ROG Harpe Ace Aim Lab Edition, mousepad ROG Hone Ace Aim Lab Edition e teclado ROG Azoth. Como o nome sugere, o Harpe Ace foi desenvolvido em uma parceria com o software especializado de treino de mira Aim Lab, tendo não apenas um design e recursos testados para atender jogadores de alta performance, como também uma sinergia com o app para configurações mais rápidas de perfis e ajustes automáticos de acordo com o desempenho do usuário nos testes.

Trazendo formato ambidestro otimizado para a pegada Palm, o lançamento teria sido testado por profissionais dos eSports, recebendo assim textura para evitar que o acessório escorregue das mãos, roda de rolagem mais responsiva e força de clique otimizado com precisão, além de construção em nylon extremamente leve de 54 g para movimentos mais rápidos. O lançamento conta ainda com o sensor ROG AimPoint, com resolução de 100 a 36.000 DPI, aceleração de até 50 g e velocidade de até 650 ips.

Desenvolvido com o Aim Lab, o novo ASUs ROG Harpe Ace promete resistência, leveza, velocidade e recursos ideais para gamers profissionais (Imagem: ASUS)
Desenvolvido com o Aim Lab, o novo ASUs ROG Harpe Ace promete resistência, leveza, velocidade e recursos ideais para gamers profissionais (Imagem: ASUS)

Buscando reduzir a latência ao máximo, o Harpe Ace adota a conexão sem fio ROG SpeedNova, que forneceria uma experiência mais estável, atraso reduzido de apenas 0,84 ms e maior eficiência energética, prometendo autonomia de até 90 horas para o dispositivo. No mais, o lançamento traz design sóbrio com logo do Aim Lab visível sob luz ultravioleta, microswitches ROG com vida prometida de 70 milhões de cliques, indicador de bateria de LED RGB e botões extras configuráveis.

O Hone Ace, por sua vez, promete ser o complemento ideal do novo mouse da ASUS por também ser desenvolvido junto ao Aim Lab. O mousepad estreante emprega uma superfície híbrida que mescla características de tecido (para maior precisão) e superfície dura (para deslize mais veloz), tem tamanho grande de dimensões ainda não especificadas, camada repelente de óleo, água e poeira, bem como sinergia com o Aim Lab para ajustes automáticos.

Também desenvolvido com o Aim Lab, o ROG Hone Ace traz superfície híbrida, tamanho amplo e revestimento repelente de água, óleo e poeira (Imagem: ASUS)
Também desenvolvido com o Aim Lab, o ROG Hone Ace traz superfície híbrida, tamanho amplo e revestimento repelente de água, óleo e poeira (Imagem: ASUS)

Por fim, o ROG Azoth não possui vínculo ao Aim Lab, mas ainda promete uma experiência premium, mirando em usuários avançados que optam por construir os próprios teclados, segmento conhecido como DIY (Do It Yourself, ou "Faça Você Mesmo", em tradução livre).

A novidade é embarcada com design 75% e as switches ROG NX Blue, NX Brown e NX Red, lubrificadas de fábrica e construídas com haste em formato de cruz, padrão da indústria adotado para manterem a compatibilidade com conjuntos de teclas customizados e produzidos por outras companhias.

Com tela OLED configurável e tamanho de 75%, o ASUS ROG Azoth busca atrair entusiastas do mundo dos teclados (Imagem: ASUS)
Com tela OLED configurável e tamanho de 75%, o ASUS ROG Azoth busca atrair entusiastas do mundo dos teclados (Imagem: ASUS)

A ASUS promete que essas switches possuem variação de qualidade de fabricação menor que concorrentes, devendo oferecer uma sensação mais consistente em diferentes unidades, embarcam curvas de força otimizadas para "entregar a melhor experiência de teclar" e apresentam zero atuação vs. o ponto de reset para melhorar a memória muscular do usuário. Outra característica destacada pela companhia é o uso de estabilizadores próprietários.

Comparados aos estabilizadores Costar, conhecidos entre os entusiastas, os estabilizadores ROG teriam forças inicial e de atuação menores, e preservariam a sensação da switch com maior fidelidade mesmo quando teclas maiores estão instaladas. O último aceno da marca à comunidade DIY é a disponibilização de um kit de lubrificação vendido à parte, que inclui a graxa Kryptox GPL-205-GD0, peças para remover e abrir as switches, pincel de aplicação e base para facilitar o procedimento.

As switches ROG NX chegam nas versões Red, Brown e Blue, sendo lubrificadas de fábrica e prometendo alta consistência entre diferentes unidades (Imagem: ASUS)
As switches ROG NX chegam nas versões Red, Brown e Blue, sendo lubrificadas de fábrica e prometendo alta consistência entre diferentes unidades (Imagem: ASUS)

No mais, estão presentes uma tela OLED monocromática customizável, para exibir animações, informações do computador e outros detalhes, botão de volume discreto e um sistema triplo de suporte que combina revestimento de silicone para proporcionar amortecimento às teclas, camada de silicone de 3,5 mm para absorver ruídos e base de silicone para eliminar ecos e proporcionar melhor suporte.

Todos os produtos apresentados pela ASUS na CES 2023 terão detalhes de preço e disponibilidade revelados apenas nos próximos meses.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: