Mercado abrirá em 5 h 33 min
  • BOVESPA

    111.289,18
    +1.085,18 (+0,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.037,05
    -67,35 (-0,13%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,66
    -0,69 (-0,79%)
     
  • OURO

    1.810,90
    -18,80 (-1,03%)
     
  • BTC-USD

    35.990,97
    -1.713,47 (-4,54%)
     
  • CMC Crypto 200

    818,96
    -36,85 (-4,31%)
     
  • S&P500

    4.349,93
    -6,52 (-0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.168,09
    -129,61 (-0,38%)
     
  • FTSE

    7.469,78
    +98,32 (+1,33%)
     
  • HANG SENG

    23.687,42
    -602,48 (-2,48%)
     
  • NIKKEI

    26.170,30
    -841,03 (-3,11%)
     
  • NASDAQ

    13.950,00
    -208,50 (-1,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0937
    -0,0127 (-0,21%)
     

CES 2022 | LG lança motor elétrico com software que economiza bateria

·2 min de leitura

A Magna, empresa especializada em suplementos para automóveis que pertence à LG, lançou um motor elétrico chamado EtelligentForce, que divide a força da bateria nos dois eixos do veículo e permite um acréscimo de até 30% na autonomia.

Segundo a Magna, esse powertrain foi pensado para veículos comerciais leves e pesados, mas também pode ser utilizado em carros de passeio. No eixo dianteiro, a tecnologia utilizada é a eDrive, que despeja 244cv, enquanto no eixo traseiro o sistema é o eBeam, com pico de energia entre 300 e 600cv, a depender do que a montadora precisa.

"O EtelligentForce chega em um momento crucial — particularmente na indústria automobilística norte-americana, onde as picapes estão no auge da popularidade e são um dos últimos segmentos a se tornarem totalmente elétricos. A beleza deste poderoso sistema de motor elétrico é que ele oferece os benefícios ambientais de um trem de força elétrico, mantendo a capacidade e utilidade dos caminhões convencionais até 1 tonelada", disse Tom Rucker, presidente da Magna, em comunicado.

O software da Magna é capaz de mudar a necessidade operacional de força sem a necessidade de alterações físicas nos eixos do veículo. Segundo a empresa, esse modelo de motor é útil para a transição das picapes e demais veículos do modo a combustão para o elétrico.

Gráfico mostra divisão dos motores por eixo. Sistema da Magna divide a energia e garante mais autonomia (Imagem: Divulgação/Magna)
Gráfico mostra divisão dos motores por eixo. Sistema da Magna divide a energia e garante mais autonomia (Imagem: Divulgação/Magna)

Durante a CES 2022, a Magna demonstrou que seu EtelligentForce pode ser instalado, por exemplo, em um SUV Jaguar i-Pace, tamanha a versatilidade do sistema. A empresa confirmou que está trabalhando no lançamento de um carro elétrico próprio até 2025, mas há informações de bastidores de que ela possa trabalhar com a Fisker, famosa fabricante de automóveis zero emissão dos EUA.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos