Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.380,49
    -948,51 (-0,80%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.009,49
    +325,94 (+0,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,39
    +0,12 (+0,23%)
     
  • OURO

    1.857,90
    +1,70 (+0,09%)
     
  • BTC-USD

    33.883,21
    +435,96 (+1,30%)
     
  • CMC Crypto 200

    682,47
    +5,57 (+0,82%)
     
  • S&P500

    3.845,83
    +4,36 (+0,11%)
     
  • DOW JONES

    30.903,69
    -93,29 (-0,30%)
     
  • FTSE

    6.638,85
    -56,22 (-0,84%)
     
  • HANG SENG

    30.159,01
    +711,16 (+2,41%)
     
  • NIKKEI

    28.822,29
    +190,84 (+0,67%)
     
  • NASDAQ

    13.413,25
    +51,75 (+0,39%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6397
    -0,0123 (-0,18%)
     

CES 2021 | TP-Link anuncia roteadores com suporte para Wi-Fi 6E

Rubens Eishima
·5 minuto de leitura

A TP-Link anunciou nesta segunda-feira (11) sua nova família de dispositivos de rede. Os destaques da marca para 2021 são os roteadores equipados com portas 10G (10 gigabit, cabeada), além da nova geração das conexões sem fio de alta velocidade, o Wi-Fi 6E.

Wi-Fi 6E e mais antenas

Foram anunciados quatro modelos de roteadores sem fio compatíveis com a nova geração da Wi-Fi Alliance, com velocidades que chegam (no papel) a 10 Gbps, superior à maioria das conexões de banda larga disponíveis nas cidades brasileiras.

Archer AX96

O modelo de entrada da marca para a nova geração do Wi-Fi é o Archer AX96, um roteador sem fio tradicional, com velocidade teórica combinada de 7,8 Gbps — 2.402 Mbps na faixa de 6 GHz, 4.804 Mbps em duas faixas de 5 GHz e 574 Mbps em 2,4 GHz.

Oito antenas cuidam das conexões nas diferentes frequências (Imagem: divulgação/TP-Link)
Oito antenas cuidam das conexões nas diferentes frequências (Imagem: divulgação/TP-Link)

Além da conexão sem fio, o Archer AX96 conta com seis portas ethernet no painel traseiro: 1 gigabit para ligação banda larga, 4 entradas gigabit para conexão com dispositivos e uma porta de alta velocidade de 2,5 Gbps.

Deco X76 Plus

Parte da linha Deco, de sistemas de rede sem fio mesh, o modelo X76 Plus promete velocidades combinadas de até 5.400 Mbps — 2.402 Mbps em cada uma das frequências 5 GHz e 6 GHz, além de 574 Mbps em 2,4 GHz — e pode ser usado como uma central smart, para controlar dispositivos conectados pela casa.

Sistema mesh amplia o alcance da rede sem fio (Imagem: divulgação/TP-Link)
Sistema mesh amplia o alcance da rede sem fio (Imagem: divulgação/TP-Link)

Compatível com até 150 dispositivos conectados, o smart hub do Deco X76 Plus pode controlar aparelhos dos padrões Bluetooth, Wi-Fi e Zigbee, além de contar com três entradas para conexões cabeadas no padrão gigabit ethernet. Parte da família de dispositivos mesh, o Deco X76 Plus pode ter o alcance de rede ampliado com o uso de bases adicionais, com kits iniciais com 1, 2 ou 3 unidades.

Deco X96

Versão turbinada do X76 Plus, o Deco X96 traz até 7.800 Mbps de velocidade para a família de pontos de acesso mesh da TP-Link. Como diferenciais para o modelo anterior, o X96 adiciona uma conexão extra na frequência de 5 GHz, somando mais 2.402 Mbps, além disso, o topo-de-linha inclui conexão com fio de 2,5 gigabits.

Linha Deco pode ser expandida com bases adicionais (Imagem: divulgação/TP-Link)
Linha Deco pode ser expandida com bases adicionais (Imagem: divulgação/TP-Link)

A faixa adicional de conexão amplia o limite de dispositivos conectados para 200 simultaneamente. Além disso, a fabricante destaca recursos de inteligência artificial para aprimorar a cobertura do Wi-Fi pela casa.

Archer AX206

Roteador premium da TP-Link, o Archer AX206 combina o novo padrão sem fio Wi-Fi 6E com o sistema cabeado de 10 gigabits. Para aproveitar o aumento de velocidade na conexão com fio, o roteador inclui uma conexão adicional nas faixas de 2,4 e 6 GHz, totalizando uma velocidade teórica combinada de 11.000 Mbps — 4.804 em 6 GHz, 4.804 em 5 GHz e 1.148 em 2,4 GHz.

AX206 funciona como um roteador tradicional (Imagem: divulgação/TP-Link)
AX206 funciona como um roteador tradicional (Imagem: divulgação/TP-Link)

Na parte de conexões cabeadas, o Archer AX206 inclui sete portas no total, uma com o plugue no padrão SFP+ para até 10 Gbps, uma porta ethernet 10 gigabit, uma ethernet 2,5 Gbps e quatro entradas gigabit ethernet tradicionais, com a opção de conexão agregada de duas portas com dispositivos compatíveis.

TL-SX105

Já o switch TL-SX105 é mais voltado para escritórios, com cinco portas 10 Gbps cabeadas, compatíveis com as velocidades de 1, 2,5 e 5 gigabits por segundo. O equipamento é indicado pela fabricante como ponto central para ligação de armazenamento em rede (NAS), vídeo 8K, LAN parties e central de conexão para roteadores e pontos de acesso Wi-Fi 6.

Switch “raiz” (Imagem: divulgação/TP-Link)
Switch “raiz” (Imagem: divulgação/TP-Link)

Deco Voice X20 com Alexa

Apesar das especificações de rede mais tradicionais, o Deco Voice X20 guarda na manga alguns diferenciais em relação a outros roteadores mesh no mercado. Com conexão Wi-Fi 6 dual-band — nas faixas de frequência de 2,4 e 5 GHz —, o dispositivo se destaca por incluir a assistente virtual Alexa, com direito a microfone para receber comandos de voz e dois alto-falantes integrados.

Ponto de acesso Wi-Fi esconde alto-falantes estéreo (Imagem: divulgação/TP-Link)
Ponto de acesso Wi-Fi esconde alto-falantes estéreo (Imagem: divulgação/TP-Link)

Além dos comandos para a assistente virtual da Amazon, a TP-Link destaca a compatibilidade com os serviços de streaming de música Spotify e Amazon Music. E parte da linha Deco, o Voice X20 pode ser integrado a redes já existentes com outros pontos de acesso da família mesh da TP-Link.

Disponibilidade

De acordo com a TP-Link, os novos equipamentos de rede chegam às lojas ao longo de 2021, ainda sem data ou preço definidos.

Wi-Fi 6E: maior do que parece

Apesar de apenas adicionar um sufixo ao atual padrão Wi-Fi 6 (conhecido anteriormente pelo complicado codinome 802.11ax), o Wi-Fi 6E promete um verdadeiro salto de velocidade nas redes sem fio.

Nova frequência pode ajudar a desafogar as redes sem fio atuais (Imagem: divulgação/TP-Link)
Nova frequência pode ajudar a desafogar as redes sem fio atuais (Imagem: divulgação/TP-Link)

Além das frequências de 2,4 GHz e 5 GHz usadas há mais de 20 anos, o Wi-Fi 6E acrescenta uma nova faixa de conexão, de 6 GHz. Assim como acontece entre as faixas anteriores, a maior frequência permite alcançar velocidades mais altas, com a contrapartida de maior risco de interferências (por paredes, móveis, etc.).

No Brasil, a adoção da nova frequência depende de regulamentação da Anatel que, em dezembro de 2020, definiu a faixa entre 5.925 a 7.125 MHz ao novo padrão. A aprovação das frequências usadas está atualmente em discussão junto à consulta pública nº 82, e ainda não tem data para ser aprovada pelo conselho diretor da agência.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: