Mercado fechado

CES 2020 | Razer mostra desktop gamer, controle portátil e roteador 5G

Felipe Ribeiro

Uma das marcas mais desejadas da CES 2020, a Razer costuma levar ao seu estande muitas novidades e inovações — além de inúmeros conceitos. Dessa vez, a empresa da cobra de três cabeças apostou menos em protótipos e notebooks, como costuma fazer no evento, e mostrou produtos mais factíveis: um desktop gamer, um controle portátil e um roteador 5G.

Razer Tomahawk

O Razer Tomahawk é um PC compacto para jogos com corpo em alumínio e vidro temperado nas laterais. A máquina terá um Intel Core i9 e suporte para até 64 GB de RAM DDR, além da placa gráfica Nvidia RTX 2080.

Imagem: Android Authority

Geralmente, os mini desktops são um problema quando se trata de abri-los para solucionar defeitos ou realizar uma atualização, mas o Tomahawk N1 foi projetado para ter fácil acesso, graças a um mecanismo de travar e deslizar. O dispositivo possui uma GPU padrão em um slot e no outro se encaixa na placa-mãe e em todos os outros componentes importantes. A placa-mãe foi projetada para ser fácil de remover se você deseja trocá-la por uma nova. É claro que todos os componentes, como RAM, SSD, processador e ventiladores são acessíveis e atualizáveis.

Imagem: Android Authority

O PC gamer Tomahawk e o gabinete Tomahawk N1 estarão disponíveis para venda ainda no primeiro semestre de 2020. Preços e detalhes serão revelados próximos ao lançamento.

Razer Kishi

O Razer Kishi, por sua vez, é um controle portátil projetado para jogos de baixa latência em dispositivos Android ou iOS. Embora o Razer Junglecat tenha como alvo principal os proprietários do Razer Phone 2, o Kishi fornece um design que se encaixa na maioria dos smartphones. A Razer diz que haverá uma versão para iPhone e outra com USB-C.

Imagem: Android Authority

O controle possui um layout típico, bem parecido com o que é usado no Nintendo Switch e com seu irmão mais velho, o Junglecat. Ele tem com dois analógicos, um direcional, botões ABXY e de ombro - embora não seja claro nas imagens da imprensa se ele possui dois ou quatro. O Kishi funcionará com a maioria dos jogos para Android e iOS com suporte a controles e também foi projetado para funcionar com serviços de streaming como GeForce Now e Microsoft XCloud.

Por poder ser conectado diretamente ao celular, o Kishi não precisa ser carregado separadamente, como os dois gamepads do Junglecat lançados recentemente.

A Razer não informou o preço exato, mas confirmou que chegará em algum momento no início de 2020.

Sila 5G Home Router

O Razer Sila nasceu em 2018 como uma solução interessante para rotear o sinal e otimizar a jogatina online. Com o 5G batendo à porta, a Razer decidiu se antecipar e divulgou sua ideia para um roteador 5G derivado do Sila origial, o Sila 5G Home Router.

O Sila 5G é dispositivo de rede de alta velocidade projetado para jogadores, já que oferece latência ultra-baixa durante jogos seja no console, PC ou celular. O dispositivo também possui o mecanismo Fastrack, um recurso inteligente de qualidade de serviço que prioriza a largura de banda para dispositivos, aplicativos para jogos e streaming de alta velocidade. O roteador pode até priorizar dispositivos específicos, como um PC de mesa ou até o Xbox. Ele também é facilmente controlado por um aplicativo móvel que será lançado para Android e iOS.

Imagem: Razer

O design é simples demais, principalmente tratando-se de Razer. O Sila 5G é apenas um cilindro preto largo com a iluminação Razer Chroma. Curiosamente, também há uma bateria embutida dentro do roteador, para que você possa, por exemplo, carregá-la para um parque e desfrutar de conexões de dados de alta velocidade em seu notebook ou console portátil.

O roteador usa um modem Qualcomm 5G que funciona bem com as implantações mmWave e sub-6 GHz 5G; em outras palavras, isso significa que esse roteador pode converter sinais 5G em WiFi de maneira bem competente.

Não há qualquer previsão de mercado para Sila 5G.


Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: