Mercado abrirá em 6 h 18 min

CES 2020 | Lenovo apresenta tablet dobrável, notebook 3 em 1 e muito mais

Felipe Junqueira

A Lenovo anunciou uma série de novos notebooks na CES 2020, incluindo uma máquina com tela E-Ink, que pode ser usada como computador, e-reader e caderno de anotações ao mesmo tempo. Também foi apresentado um porta-retrato inteligente que pode ser utilizado como quadro e decorar a parede de sua casa e um smart display corporativo.

Notebooks

Lenovo IdeaPad Flex 5 (Foto: Divulgação/Lenovo)

Começando por dois novos modelos de Chromebook. O mais simples é o IdeaPad Flex 5, um 2 em 1 que tem tela de 13 polegadas sensível ao toque, e traz processador Intel Core i5 de 10ª geração com 8 GB de memória RAM e 128 GB de armazenamento. O notebook chega ao mercado internacional em maio, com preço sugerido que parte de US$ 360 (cerca de R$ 1.430).

IdeaPad Duel Chromebook, da Lenovo (Foto: Divulgação/Lenovo)

Outro Chromebook é o IdeaPad Duet, que também é 2 em 1, e permite ao usuário trocar de um modo Negócios para um de Entretenimento. É possível ainda destacar o teclado para usar o dispositivo como tablet, com a tela de 10,1 polegadas Full HD. Ele ainda tem câmera de 8 MP na traseira e 5 MP na parte frontal. E usa um chipset MediaTek Helio P60T, além de 4 GB de memória RAM e 128 GB de armazenamento. O preço é de US$ 280 (aproximadamente R$ 1.143)

Partindo para as opções com Windows 10, temos o Yoga Slim 7, que já tem o novo chip Ryzen 4000, ainda não anunciado oficialmente pela AMD, e uma segunda versão com o processador Core i7 de 10ª geração da Intel. É um notebook com tela de 14 polegadas Full HD, até 16 GB de memória RAM e SSD de até 1 TB de armazenamento. As conexões incluem duas portas USB 3.1, uma USB-C, um leitor de cartão SD e o conector de fone de ouvido.

Yoga Slim 7, notebook da Lenovo (Foto: Divulgação/Lenovo)

Há ainda versões com tela 4K e placa de vídeo Nvidia GeForce da série MX, além de uma versão com 15 polegadas e placa GeForce da série GTX. O preço do modelo com o Ryzen 4000 parte dos US$ 850 (cerca de R$ 3.472), enquanto o da Intel, mais barato, fica em US$ 1.210 (aproximadamente R$ 4.942). Além do preço, a diferença é que os modelos Intel possuem suporte ao Wi-Fi 6.

A Lenovo também anunciou o primeiro notebook 5G do mundo, chamado simplesmente de Yoga 5G. Esse notebook já havia sido apresentado na Computex 2019 e foi novamente mostrado pela Qualcomm em sua apresentação na CES 2020. E é o segundo modelo oficialmente anunciado com o chipset Snapdragon 8cx da Qualcomm, desenvolvido especialmente para os chamados PCs sempre conectados.

Lenovo Yoga 5G, um PC Sempre Conectado (Foto: Divulgação/Lenovo)

Além disso, o dispositivo tem tela de 14 polegadas, com resolução Full HD, 8 GB de memória RAM e 256 ou 512 GB de armazenamento. E chega ao mercado no segundo trimestre de 2020 com preço que parte de US$ 1.500 (cerca de R$ 5.922).

Já o ThinkPad X1 Carbon é mais uma atualização de uma já longa linha de notebooks da Lenovo, que chega à 8ª geração. É um notebook voltado para quem vai trabalhar, com design sóbrio e especificações variadas, começando já na tela, que pode ir da resolução Full HD até o 4K, passando pelo WQHD. E isso em um display de 14 polegadas. Não foram revelados quais processadores podem ser embarcados, mas serão utilizados componentes Intel de 10ª geração.

ThinkPad X1 Carbon, notebook para negócios da Lenovo (Foto: Divulgação/Lenovo)

Quanto à memória, o máximo é de 16 GB de RAM e 2 TB de SSD para armazenamento, mas não foram informadas as especificações dos modelos mais em conta. Também não há detalhes sobre a disponibilidade, apenas que chegam este ano, com preço que parte de US$ 1.500 (aproximadamente R$ 5.922).

O ThinkPad X1 Yoga chega também à quinta geração, com as mesmas características, mas trazendo uma tela que gira e fecha o notebook para ser usado como tablet. A data de disponibilidade também não foi revelada, mas o preço é um pouco maior, partindo de US$ 1.600 (cerca de R$ 6.535).

Yoga Creator 7, primeiro notebook leve da Lenovo voltado ao criador de conteúdo (Foto: Divulgação/Lenovo)

E finalmente a Lenovo passa a oferecer modelos voltados aos criadores de conteúdo, designers, editores de vídeo e afins, mais portáteis que os modelos ThinkPad. A linha Yoga Creator já chega com dois modelos, o Yoga Creator 5 e Yoga Creator 7, ambos com placa de vídeo NVIDIA RTX Quadro.

Há algumas diferenças nas características técnicas das telas, que são de 15,6 polegadas Full HD, calibradas para atender especificações de cores da Adobe. O hardware inclui, além das placas de vídeo projetadas para trabalhar com imagem, processadores Intel de 10ª geração conectividade Wi-Fi 6 e Bluetooth 5.0 e, no modelo mais avançado, câmera infravermelha e leitor de impressão digital.

Além de algumas diferenças de recursos, os dois modelos também possuem algumas distinções no design. O Yoga Creator 5 é mais espesso, apesar de oferecer menos que o Creator 7, por isso o preço deve ser consideravelmente menor. Os dispositivos chegam ao mercado ainda no primeiro semestre deste ano, mas a data específica não foi divulgada, bem como o preço.

Legion Y740S é o notebook gamer sem placa de vídeo dedicada (Foto: Divulgação/Lenovo)

E o gamer da vez é o Legion Y740S, que tem uma peculiaridade: não traz placa de vídeo dedicada, dependendo de uma eGPU, comprada à parte e conectada externamente pelo usuário. Por um lado, isso torna o dispositivo um pouco mais leve e portátil, além da possibilidade de trocar mais facilmente, quando achar que o componente ficou defasado. Por outro, o preço final deve aumentar.

O notebook em si vem com processador Intel Core i9 de 10ª geração que ainda não foi anunciado, então não dá para saber exatamente as especificações. A tela é de 15,6 polegadas com resolução Full HD ou 4K, além de 32 GB de memória RAM e SSD de 1 TB. O preço do notebook é de US$ 1.100 (R$ 4.493), e a Lenovo já anunciou um BootStation com a eGPU ao preço de US$ 250. O dispositivo chega em maio lá fora.

Tela externa do ThinBook Plus, do tipo E Ink (Foto: Divulgação/Lenovo)

E para fechar essa categoria, o grande lançamento da feira, ao menos em matéria de notebooks Lenovo: o ThinkBook Plus. Trata-se de um dispositivo 3 em 1, ou seja, é um notebook que pode ser usado como e-Reader ou caderno de anotação.

É que o ThinkBook Plus tem uma tela E Ink externa de 10,8 polegadas que, além de mostrar notificações, também pode ser usada para escrever com uma caneta já inclusa no conjunto. Na parte interna, uma tela de 13,3 polegadas Full HD funciona como um computador comum.

O dispositivo chega ao mercado internacional em março, com preço que parte de US$ 1.200 (aproximadamente R$ 4.900).

Monitores

Monitor Qreator de 27 polegadas da Lenovo (Foto: Divulgação/Lenovo)

Alguns monitores também foram apresentados na feira, sendo alguns deles especiais para criadores de conteúdo, ou seja, com gráficos calibrados seguindo especificações da Adobe. Um deles, o Qreator 27 tem tela Ultra HD quase sem bordas. O Qreator 27h jé uma opção com resolução menor, ficando no Quad HD. Os preços são de US$ 350 para o de resolução menor e US$ 900 para quem prefere mais recursos e resolução maior.

Outros gadgets

Também foram apresentados produtos inteligentes para a casa. Um deles é o Smart Frame, que é basicamente um quadro inteligente com tela de 21,5 polegadas Full HD para mostrar imagens na parede, com sensor para se adaptar ao tipo de iluminação do ambiente. Você pode usá-lo na orientação paisagem ou retrato, e ele faz a rotação sozinho.

Smart Frame vira um quadro na parede de casa (Foto: Divulgação/Lenovo)

Além disso, tem o Smart Tab M10, que funciona como um tablet Android de 10 polegadas ou um display inteligente tipo a Echo Show, da Amazon. Para ambientes corporativos, tem o Smart View, que oferece chamadas de vídeo e função de controle de agenda e afins.

Os preços desses dispositivos são de US$ 400 pelo Smart Frame, US$ 180 pelo Smart Tab M10 e US$ 350 pelo Smart View.

Tablet dobrável

E por último, o mais importante: o ThinkPad X1 Fold é mais que um tablet. O dispositivo de 13,3 polegadas e tela OLED é dobrável. A tela, que tem a mesma resolução do iPad de 9,7 polegadas, ou seja, 2048 x 1536 pixels, pode se fechar, deixando o dispositivo mais compacto.

ThinkPad X1 é um tablet dobrável que tem teclado Bluetooth para virar notebook (Foto: Divulgação/Lenovo)

E não é um tablet que roda Android: ele traz Windows 10 Pro instalado, e funciona também como notebook, se você conectar um teclado e mouse via Bluetooth. A Lenovo pretende lançar ainda uma versão com o Windows 10X, a versão móvel do sistema da Microsoft que vai estar embarcada no Surface Neo.

Uma coisa interessante é que, fechado, o dispositivo pode abrigar o teclado fino que acompanha o produto e se conecta magneticamente com a parte de baixo do ThinkPad X1. Infelizmente, não foi revelado muito sobre o hardware, apenas que traz um novo chip de tecnologia híbrida da Intel e que a bateria dura até 11 horas. O dispositivo chega às lojas em meados de 2020 com preço sugerido de US$ 2.500 (cerca de R$ 10.211).

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: