Mercado abrirá em 5 h 9 min

CES 2020 | Escovas elétricas inteligentes são o próximo nível da vida conectada

Rafael Rodrigues da Silva

Uma das gigantes mundiais em saúde bucal, a Oral-B, mais uma vez, está presente na CES deste ano. Desta vez, ela apresenta a iO, uma nova escova elétrica que, segundo a companhia, é o resultado de seis anos de pesquisa com o auxílio de 1800 usuários. E ela garante ser o dispositivo definitivo em matéria de escovas de dentes elétricas.

E o aparelho parece mesmo tão impressionante quanto a empresa diz. A cabeça da escova combina movimentos rotacionais oscilados com micro-vibrações, e promete limpar corretamente até mesmo os locais mais difíceis de se alcançar com uma escova comum. Esses movimentos são combinados com um sensor de pressão, que permite que o usuário ajuste a força que a escova utilizará durante a escovação, de forma a garantir que ela não machuque as gengivas do usuário durante o processo de limpeza.

A Oral-B iO não é também uma escova elétrica inteligente. Assim, ela vem acompanhada de um aplicativo para smartphones que monitora sua escovação em tempo real, além de fornecer dicas de como melhorar suas práticas de higiene bucal e comparar os seus resultados com o dos milhares de outros usuários ao redor do mundo. Mas, caso não queira instalar mais um app em seus smartphone, a escova também possui uma tela embutida, onde você pode não apenas acessar esses dados, mas também escolher entre os sete diferentes modos de escovação. Apesar disso, a empresa não explicou qual será a diferença entre cada um desses modos, mas é de se supor que sejam perfis de limpeza diferentes para se adequar às necessidades de cada tipo de usuário.

Escova iO da Oral-B e o app de monitoramento de escovação (Imagem: divulgação/Oral-B)

Apesar de parecer um certo exagero, a Oral-B garante que o uso da iO realmente faz muita diferença na higiene bucal daqueles que a usam. A companhia afirma que 100% de todos os usuários com a saúde bucal em dia, que usaram o aparelho, conseguiram remover seis vezes mais placas do que usando uma escova normal. E entre os pacientes que sofrem de gengivite, 83% conseguiram tornar suas gengivas saudáveis em apenas oito semanas de uso. Apesar disso, esses resultados foram conseguidos em comparação à escovas de dentes comum. Logo, não há nenhuma comparação com outras escovas elétricas e que mostre que o iO realmente oferece uma melhoria substancial em relação aos concorrentes nesta modalidade.

Colgate na área

Mas a Oral-B não foi a única empresa do ramo que foi à CES apresentar uma nova escova de dente. Quem também aproveitou a oportunidade para fazer o mesmo foi a Colgate, que trouxe à feira a Plaqless Pro, uma escova elétrica inteligente que também promete melhorar os seus hábitos de higiene bucal.

Assim como o modelo da Oral-B, a escova da Colgate também possui um app próprio com dicas de escovação, mas é aí que acabam as semelhanças. Ao invés de uma tela embutida na escova, a Plaqless Pro possui uma série de “sensores de placa”, que acendem uma luz azul sempre que o usuário posicionar a escova sobre uma parte da boca que estiver suja. Ao mesmo tempo, este sensor também envia essas informações para o aplicativo, que cria um verdadeiro mapa da sua boca, mostrando quais são os pontos mais sujos e aqueles ao qual você já escovou.

Escova de dentes Plaqless Pro da Colgate (Imagem: Natham Ingraham/Engadget)

Até o momento, nenhum das companhias divulgou exatamente quanto esses produtos irão custar, mas é possível que eles sejam vendidos pelo preço dos dispositivos do gênero mais avançados da categoria atualmente. Com isso, podemos esperar um valor de venda na casa dos US$ 200. E, mesmo que você esteja disposto a pagar esse preço elevado por uma escova de dentes, ainda vai demorar até ter a oportunidade de comprá-las, já que a iO, da ORal-B, deverá chegar nas lojas apenas em meados de agosto; já a Plaqless Pro, da Colgate, ainda não possui nenhuma previsão de quando será lançada.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: