Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,11 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,12 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,36
    +0,46 (+0,71%)
     
  • OURO

    1.833,30
    +2,00 (+0,11%)
     
  • BTC-USD

    58.086,72
    -617,80 (-1,05%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,07
    +44,29 (+3,08%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,26 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.129,71
    +53,54 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,85 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,42 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.737,00
    +27,25 (+0,20%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3655
    -0,0011 (-0,02%)
     

Certificação indica que o Xiaomi Mi Mix Fold global deve chegar em breve

Renan da Silva Dores
·3 minuto de leitura

Em evento realizado no final de março, a Xiaomi entrou para o mercado de dobráveis com o anúncio do Mi Mix Fold. Pioneiro em diversos aspectos, o aparelho já está disponível na China e tem se mostrado um grande sucesso, considerando dados recentes que revelaram que o primeiro dobrável da companhia chegou a vender mais de 30 mil unidades em um minuto.

Diante disso, a gigante chinesa parece já planejar a estreia global de seu Mi Mix Fold, conforme sugere recente vazamento. Um dispositivo com número de modelo muito similar ao do dobrável foi registrado na Índia, estando agora válido para atuar no país.

Versão global ganha registro na Índia

A descoberta foi feita pelo leaker Mukul Sharma, que mantém um bom histórico de vazamentos relacionados à Xiaomi. Nos bancos de dados de IMEI global e da Índia, um aparelho da gigante chinesa com número de modelo M2011J18G aparece registrado e liberado para funcionar. Esse é basicamente o mesmo código utilizado pelo Mi Mix Fold, com exceção da última letra, cujo modelo chinês traz um "C" em vez do "G".

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

A letra G costuma ser utilizada para definir a variante global dos celulares da Xiaomi, o que sugere que o dispositivo encontrado por Sharma é de fato uma versão para novos mercados.

Além disso, o cadastro indiano indica ainda que o país asiático será um dos primeiros a receber a novidade. Não se sabe quando o dispositivo será anunciado e nem quanto custará, mas não deve demorar para que a empresa traga novidades, considerando os registros.

Mi Mix Fold tem lente líquida e chip da Xiaomi

Como era de se esperar, o Mi Mix Fold vem equipado com hardware de ponta, que inclui chipset Snapdragon 888, até 16 GB de RAM, até 512 GB de armazenamento e um avançado sistema de resfriamento "borboleta". Seus maiores destaques, no entanto, são a lente líquida para as câmeras, inédita no mercado, e o processador de imagem da própria Xiaomi.

O Mi Mix Fold se destaca pela inédita lente líquida e pelo Surge C1, processador de imagem da própria Xiaomi (Imagem: Divulgação/Xiaomi)
O Mi Mix Fold se destaca pela inédita lente líquida e pelo Surge C1, processador de imagem da própria Xiaomi (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

O aparelho também faz algumas concessões para poder ser mais "acessível" que seus rivais. Além de sua tela interna estar limitada a 60 Hz, o Mi Mix Fold utiliza materiais um pouco mais simples do que os concorrentes. Como resultado, o dobrável tem preço sugerido de 9.999 yuan, o equivalente a algo próximo de US$ 1.500, em conversão direta.

O valor é significativamente mais baixo do que o cobrado pelo Galaxy Z Fold 2, vendido a US$1.799, e principalmente menor do que o preço do Huawei Mate X2, cujo preço sugerido é de 17.999 yuan, ou cerca de US$ 2.700.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: