Cerca de 35 mil brasileiros entram de "forma clandestina" por dia no Paraguai

Assunção, 26 dez (EFE).- A nova chefe da Direção de Migrações do Paraguai, Irma Llano, disse nesta quarta-feira que cerca de 35 mil brasileiros entram diariamente de "forma clandestina" no país, e anunciou uma campanha para tentar controlar essa situação.

"Realmente estas pessoas não teriam que trabalhar no Paraguai, já que é preciso o certificado de residência permanente para tal efeito, e estão trabalhando de forma clandestina", 90% deles em Ciudad del Este, declarou Llano em entrevista à rádio "Primero de Marzo", de Assunção.

Ciudad del Este, segunda maior cidade do Paraguai e principal polo de comércio do país, forma junto com Foz do Iguaçu e a argentina Puerto Iguazú a chamada "Tríplice Fronteira".

Milhares de brasileiros entram nessa cidade paraguaia diariamente através da Ponte da Amizade, sobre o Rio Paraná, seja para trabalhar ou fazer compras, principalmente de produtos de informática, eletrônica, roupas, bebidas, perfumes e cosméticos. EFE

Carregando...