Mercado fechará em 3 h 30 min
  • BOVESPA

    121.567,75
    -2.008,81 (-1,63%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.076,79
    -557,12 (-1,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,41
    -2,15 (-3,05%)
     
  • OURO

    1.813,40
    -0,70 (-0,04%)
     
  • BTC-USD

    39.385,95
    +1.262,00 (+3,31%)
     
  • CMC Crypto 200

    972,11
    +45,35 (+4,89%)
     
  • S&P500

    4.405,23
    -17,92 (-0,41%)
     
  • DOW JONES

    34.801,51
    -314,89 (-0,90%)
     
  • FTSE

    7.123,86
    +18,14 (+0,26%)
     
  • HANG SENG

    26.426,55
    +231,73 (+0,88%)
     
  • NIKKEI

    27.584,08
    -57,75 (-0,21%)
     
  • NASDAQ

    15.057,50
    +11,25 (+0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1966
    +0,0311 (+0,50%)
     

Cerca de 200 empresas norte-americanas foram alvo de ciberataque

·2 minuto de leitura
Cerca de 200 empresas norte-americanas foram alvo de ciberataque

Cerca de 200 empresas foram alvo de um ataque cibernético extorsivo por meio do software de gerenciamento da americana Kaseya, informou nesta sexta-feira (2) a empresa de segurança informática Huntress Labs.

"Estamos investigando um possível ataque ao (software) VSA que parece ter sido limitado a um pequeno número de nossos clientes no site", observou a Kaseya, acrescentando que desligou alguns servidores "por precaução".

O grupo, que disse estar "investigando a origem do problema", também pediu a todos os clientes que executam seu software para desligar os servidores que o hospedam.

A Agência dos Estados Unidos para Segurança e Infraestrutura Cibernética (CISA) informou em seu próprio site que estava tomando medidas "para entender e resolver o recente ataque de ransomware" contra o programa VSA da Kaseya e vários provedores de serviços.

Os ransomware exploram as brechas de segurança de uma empresa ou indivíduo para bloquear seus sistemas de computador, exigindo um resgate financeiro para desbloqueá-los.

Segundo a Huntress Labs, “cerca de 200 empresas” foram visadas pelos hackers, sem que o grupo especificasse seu tamanho ou setor de atividade.

"De acordo com os modelos de computador, as notas de ransomware e a URL do TOR (o endereço da Internet usado), acreditamos firmemente" que um membro do grupo de hackers conhecido como Revel ou Sodinokibi "está na origem dessas intrusões", disse a Huntress Labs em uma mensagem postada no fórum do Reddit.

No início de junho, o FBI culpou esse grupo de hackers pelo ataque à gigante global da carne brasileira JBS, que paralisou suas atividades na América do Norte e na Austrália por vários dias.

Os Estados Unidos foram atingidos nos últimos meses por uma onda de ataques cibernéticos a grandes empresas como a JBS e a operadora de oleodutos Colonial Pipeline, bem como a comunidades locais e hospitais.

Muitos desses ataques foram atribuídos a grupos de hackers baseados na Rússia que operariam com pelo menos a aprovação tácita do Kremlin.

jum/rle/dg/yow/am

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos