Mercado fechado
  • BOVESPA

    119.721,66
    -914,73 (-0,76%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.086,73
    -408,68 (-0,90%)
     
  • PETROLEO CRU

    53,28
    +0,30 (+0,57%)
     
  • OURO

    1.868,10
    +27,90 (+1,52%)
     
  • BTC-USD

    35.098,18
    +698,21 (+2,03%)
     
  • CMC Crypto 200

    696,16
    -4,45 (-0,63%)
     
  • S&P500

    3.851,80
    +52,89 (+1,39%)
     
  • DOW JONES

    31.147,61
    +217,09 (+0,70%)
     
  • FTSE

    6.740,39
    +27,44 (+0,41%)
     
  • HANG SENG

    29.962,47
    +320,19 (+1,08%)
     
  • NIKKEI

    28.523,26
    -110,20 (-0,38%)
     
  • NASDAQ

    13.310,50
    +325,00 (+2,50%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4274
    -0,0712 (-1,10%)
     

CEOs do Reino Unido ganham mais em dias do que horistas por ano

Simon Hunt
·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- CEOs das maiores empresas do Reino Unido terão ganhado mais até o final da jornada de trabalho na quarta-feira do que o salário do trabalhador mediano ao longo de 2021, segundo estudo.

Quando concluírem suas primeiras 34 horas de trabalho remunerado, a remuneração média de um diretor-presidente de uma empresa do FTSE 100 excederá o salário médio anual para trabalhadores em tempo integral no Reino Unido, de acordo com o High Pay Centre, um think tank com sede em Londres.

“O salário dos principais CEOs hoje é cerca de 120 vezes maior do que o de um trabalhador típico do Reino Unido”, disse Luke Hildyard, diretor da organização. “Estimativas sugerem que era equivalente a cerca de 50 vezes mais na virada do milênio ou 20 vezes no início dos anos 80.”

O salário médio de um CEO no Reino Unido foi de 3,6 milhões de libras (US$ 4,9 milhões) em 2019, enquanto o mais bem pago - Tim Steiner, do Ocado Group - recebeu 58,7 milhões de libras em remuneração total. Isso é 2.605 vezes mais do que o funcionário mediano, de acordo com o relatório anual de 2019 da empresa. O salário médio para todos os trabalhadores em tempo integral no Reino Unido é de 31.461 libras, de acordo com os dados mais recentes do Escritório de Estatísticas Nacionais.

Um porta-voz da Ocado disse que a remuneração de Steiner incluía um prêmio único concedido em 2019 e “reconhece o desempenho extraordinário da Ocado durante este período”.

Demissões

Os números destacam o efeito desigual que a pandemia de coronavirus teve em trabalhadores com altos e baixos salários, diante das dezenas de milhares de demissões anunciadas por empresas do FTSE 100 em 2020. A empresa de hospitalidade Whitbread, com uma relação de remuneração CEO/funcionário mediano de 143, cortou 1.500 empregos em 2020, enquanto a IAG SA, controladora da British Airways que tinha um índice de remuneração de 72 em 2019, anunciou 10.000 cortes.

A IAG disse em comunicado por e-mail que a empresa “monitora o pacote de remuneração geral de seus funcionários para garantir que reflita sua contribuição para o sucesso do grupo”.

Em resposta a um foco renovado na remuneração de executivos durante a pandemia, pelo menos 36 firmas do FTSE 100 anunciaram cortes de salários de CEOs no primeiro semestre de 2020, sendo o mais comum uma redução de 20% no salário-base, de acordo com o High Pay Center. Os CEOs cujos bônus anuais estão atrelados ao desempenho do preço das ações podem acabar perdendo o direito a eles.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.