Mercado abrirá em 1 h 8 min
  • BOVESPA

    107.005,22
    +758,07 (+0,71%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.289,91
    +895,88 (+1,78%)
     
  • PETROLEO CRU

    112,67
    +0,46 (+0,41%)
     
  • OURO

    1.841,50
    +0,30 (+0,02%)
     
  • BTC-USD

    30.448,87
    +1.063,92 (+3,62%)
     
  • CMC Crypto 200

    678,83
    +26,60 (+4,08%)
     
  • S&P500

    3.900,79
    -22,89 (-0,58%)
     
  • DOW JONES

    31.253,13
    -236,94 (-0,75%)
     
  • FTSE

    7.439,99
    +137,25 (+1,88%)
     
  • HANG SENG

    20.717,24
    +596,56 (+2,96%)
     
  • NIKKEI

    26.739,03
    +336,19 (+1,27%)
     
  • NASDAQ

    12.053,75
    +175,50 (+1,48%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2181
    -0,0007 (-0,01%)
     

CEO que demitiu 900 funcionários por Zoom volta a atuar na empresa

·3 min de leitura

O CEO da Better.com, Vishal Garg, voltou a assumir sua liderança na empresa após ficar algumas semanas afastado por ter demitido 900 funcionários pelo Zoom, dias antes do último Natal. O retorno dele foi comunicado pelo conselho de administração da empresa em uma carta enviada aos empregados, segundo informações da CNN e do site Insider.

A carta diz que Garg retorna ao trabalho de forma integral após ter tirado uma licença para "refletir sobre sua liderança, se reconectar com os valores que tornam a Better excelente e trabalhar em estreita colaboração com um treinador executivo".

OI ececutivo disse o seguinte na carta, segundo a CNN: "Eu entendo o quão difícil essas últimas semanas têm sido. Lamento profundamente a angústia, a distração e o constrangimento que minhas ações causaram. Passei muito tempo pensando onde estamos como empresa e o tipo de liderança que a Better precisa... e o líder que eu quero ser".

(Imagem: Divulgação/Better.com)
(Imagem: Divulgação/Better.com)

O texto mostra uma mudança radical de tom de Garg. Ele acusou, há algumas semanas na rede profissional Blind, um funcionário demitido de "roubar" colegas e clientes por ser improdutivo e trabalhar apenas duas horas por dia, de acordo com a Fortune.

A volta dele pode trazer mais insegurança à equipe da Better.com. Três funcionários da empresa que falaram com o site Insider disseram que mais funcionários continuam deixando a empresa nas últimas semanas após o ocorrido. Um deles "revirou os olhos" quando leu a carta nova de Garg e outro crê que o novo texto traz "promessas vazias".

Relembre o caso do CEO da Better.com

Garg disse em uma videochamada por Zoom de menos de três minutos para 900 funcionários da Better.com: "Se você está nesta chamada, você faz parte do grupo azarado que foi demitido. Seu emprego aqui será encerrado imediatamente".

O executivo foi bastante criticado nas redes sociais. Algumas pessoas chamaram-no de grosseiro e apontaram o mau momento para as demissões, pouco antes das festas de fim de ano. Além disso, três executivos de comunicação do alto escalão teriam deixado a empresa após a demissão em massa, de acordo com o site Insider.

Após a grande repercussão do caso, Garg chegou a pedir desculpas publicamente em um texto publicado no site da Better.com. Na sequência, tirou uma licença de trabalho. Na época, a empresa disse que estava contratando uma companhia terceirizada para fazer uma "avaliação de liderança e cultura", cujas recomendações seriam "levadas em conta para construir uma cultura sustentável e positiva de longo prazo".

Quem é o CEO Vishal Garg?

Nascido na Índia, Vishal Garg tem 43 anos e se mudou para Nova York com a família quando tinha sete anos. Formou-se em Negócios Internacionais na NYU Stern School of Business, em Nova York, em 1998.

Segundo o perfil do LinkedIn de Garg, ele abandonou um programa de treinamento de analistas no Morgan Stanley quando tinha 21 anos para iniciar a MyRichUncle, uma empresa de empréstimos estudantis que abriu seu capital em 2005 e depois foi adquirida pelo banco norte-americano Merrill Lynch.

Em 2020, Garg também foi notícia por seu mau comportamento. Segundo a Forbes, ele teria enviado um e-mail a funcionários dizendo: "Vocês são muito LENTOS. Vocês são um bando de GOLFINHOS BURROS... ENTÃO PAREM COM ISSO. PAREM. PAREM COM ISSO AGORA. VOCÊS ESTÃO ME ENVERGONHANDO", escreveu.

A Better.com, que trabalha com crédito hipotecário, recebeu em abril do ano passado um aporte de US$ 500 milhões (R$ 2,8 bilhões) da gigante japonesa Softbank. No final de novembro, recebeu US$ 750 milhões da empresa de cheques em branco Aurora Acquisition e do SoftBank após uma mudança nos termos do acordo. Com isso, recebeu adiantado metade do US$ 1,5 bilhão (R$ 8,4 bilhões) previstos.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos