Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.647,99
    +1.462,52 (+1,29%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.798,38
    +658,14 (+1,26%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,66
    +1,35 (+1,66%)
     
  • OURO

    1.768,10
    -29,80 (-1,66%)
     
  • BTC-USD

    60.688,34
    -1.369,88 (-2,21%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.464,06
    +57,32 (+4,07%)
     
  • S&P500

    4.471,37
    +33,11 (+0,75%)
     
  • DOW JONES

    35.294,76
    +382,20 (+1,09%)
     
  • FTSE

    7.234,03
    +26,32 (+0,37%)
     
  • HANG SENG

    25.330,96
    +368,37 (+1,48%)
     
  • NIKKEI

    29.068,63
    +517,70 (+1,81%)
     
  • NASDAQ

    15.144,25
    +107,00 (+0,71%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3297
    -0,0741 (-1,16%)
     

CEO do Morgan Stanley vê mercado pronto para alta de juro do Fed

(Bloomberg) -- O CEO do Morgan Stanley, James Gorman, está se preparando para altas dos juros nos EUA e diz que os mercados estão prontos para isso.

Most Read from Bloomberg

“É preciso furar um pouco essa bolha”, disse Gorman na quinta-feira em entrevista à Bloomberg Television. Segundo ele, o dinheiro está quase grátis e disponível no momento.

Gorman apontou para aumentos salariais, gargalos na cadeia de suprimentos e alta dos preços das commodities levando a inflação para cima. Nem tudo isso é um fenômeno temporário, forçando o Federal Reserve a se mover um pouco mais agressivamente do que os formuladores de políticas estão prevendo agora, de acordo com ele.

Seus comentários ecoam preocupações expressas na quarta-feira pelo presidente do Goldman Sachs Group, John Waldron, que também disse que a inflação não é temporária. O CEO da BlackRock, Larry Fink, disse em uma entrevista à CNBC que a inflação “definitivamente não é transitória”, e Jamie Dimon, que dirige o JPMorgan Chase & Co., disse que a inflação provavelmente não diminuirá nos próximos trimestres.

Então, quando o Fed deve agir? “Certamente, no primeiro trimestre do próximo ano, eu começaria a me mover”, disse Gorman. “Eles têm muita capacidade de movimento.” Elevar as taxas de juros no próximo ano não é uma crise, nem algo inesperado, disse ele.

As indicações de aperto da política monetária normalmente juntam-se a uma queda nos preços dos ativos. Mas o CEO do Morgan Stanley disse que isso não deveria ser motivo de preocupação desta vez.

“Acho que o mercado digeriu que o Fed terá de se mover, não apenas para reduzir as compras de ativos, mas para elevar os juros”, disse ele. “E, a propósito, estamos 10 aumentos de taxas longe do que seria considerado normal.”

Most Read from Bloomberg Businessweek

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos