Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.496,21
    -2.316,66 (-2,04%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.463,26
    -266,54 (-0,55%)
     
  • PETROLEO CRU

    89,91
    -0,59 (-0,65%)
     
  • OURO

    1.760,30
    -10,90 (-0,62%)
     
  • BTC-USD

    21.130,38
    -1.646,77 (-7,23%)
     
  • CMC Crypto 200

    504,88
    -36,72 (-6,78%)
     
  • S&P500

    4.228,48
    -55,26 (-1,29%)
     
  • DOW JONES

    33.706,74
    -292,30 (-0,86%)
     
  • FTSE

    7.550,37
    +8,52 (+0,11%)
     
  • HANG SENG

    19.773,03
    +9,12 (+0,05%)
     
  • NIKKEI

    28.930,33
    -11,81 (-0,04%)
     
  • NASDAQ

    13.250,00
    -273,25 (-2,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1885
    -0,0253 (-0,49%)
     

CEO do JPMorgan diz que pode haver em 2022 mais de quatro altas nos juros nos EUA

·1 min de leitura
O CEO do JP Morgan, Jamie Dimon, em Boston, Massachusetts, EUA, 23 de novembro de 2021. REUTERS/Brian Snyder

NOVA YORK (Reuters) - O presidente executivo do JPMorgan Chase & Co, Jamie Dimon, disse nesta segunda-feira que a economia está gerando tanta inflação que o banco central norte-americano pode ter de aumentar as taxas de juros de curto prazo mais de quatro vezes neste ano.

Em fala à CNBC, Dimon afirmou: "É possível que a inflação esteja pior do que as pessoas pensam. Eu, pessoalmente, ficaria surpreso se fossem apenas quatro aumentos (de juros) neste ano. Quatro seriam muito fáceis para a economia absorver".

Os comentários do executivo vieram depois de economistas do JPMorgan e de alguns outros bancos de Wall Street afirmarem esperar que o Federal Reserve (Fed) eleve as taxas de juros quatro vezes neste ano, ritmo mais rápido do que haviam previsto anteriormente.

Ao citar sinais de que a economia está forte, Dimon disse que consumidores nunca estiveram em melhor saúde financeira, o que é evidenciado por altos saldos de contas correntes, pagamentos de dívidas e acréscimos nos valores das residências.

Mas ele também alertou que a volatilidade do mercado financeiro crescerá à medida que o banco central elevar os juros.

"Se tivermos sorte, o Fed irá mais devagar, e teremos um pouso suave", disse ele.

(Por David Henry)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos