Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.541,95
    -1.079,62 (-1,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.524,45
    -537,16 (-1,12%)
     
  • PETROLEO CRU

    105,83
    +0,07 (+0,07%)
     
  • OURO

    1.806,20
    -1,10 (-0,06%)
     
  • BTC-USD

    18.903,18
    -1.272,55 (-6,31%)
     
  • CMC Crypto 200

    404,82
    -26,65 (-6,18%)
     
  • S&P500

    3.785,38
    -33,45 (-0,88%)
     
  • DOW JONES

    30.775,43
    -253,88 (-0,82%)
     
  • FTSE

    7.169,28
    -143,04 (-1,96%)
     
  • HANG SENG

    21.859,79
    -137,10 (-0,62%)
     
  • NIKKEI

    26.393,04
    -411,56 (-1,54%)
     
  • NASDAQ

    11.491,75
    -37,75 (-0,33%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5056
    +0,0950 (+1,76%)
     

CEO de foodtech quer morar 'no meio do nada'; entenda

Quem não gosta da tranquilidade do fim de semana em um local mais isolado? Esse é o sonho de Marcelo Doin, CEO da foodtech NoMoo. "Uma casinha 'no meio do nada', que no final de semana não ouça nem telefone tocando", revela. Fã de pizza de quatro queijos e Coca Cola Zero, ele pratica crossfit e tenta ter rotina nos exercícios.

Para leitura, o CEO indica o Can't Hurt Me (Não pode me machucar, em tradução literal), do ultramaratonista americano David Goggins. "Esse livro te ensina a mentalidade seal, a ser forte, a fazer mais do que aquilo que você foi dito a fazer", explica. Já para assistir, Doin tem como favorito o filme Homens de Honra, dirigido por George Tillman, Jr.

CEO sonha com 'uma casinha 'no meio do nada', que no final de semana não ouça nem telefone tocando
CEO sonha com 'uma casinha 'no meio do nada', que no final de semana não ouça nem telefone tocando", conta. Foto: Getty Images.

NoMoo: inovação e plant-based

A NoMoo, empresa com foco em plant-based (tradução direta: à base de plantas), entra como ferramenta essencial neste processo: é uma das pioneiras no preparo de leite vegetal, seu carro chefe. "[O preparo] Envolve um processo mais científico do que tecnológico. Não temos robôs, temos um grupo de guerreiros que fazem nosso queijo", declara Doin.

Na cartela de produtos da empresa, os clientes encontram diversas categorias adequadas as necessidades de uma alimentação mais saudável: alimentos veganos, ricos em cálcio, proteicos, energéticos e até com colágeno. "Fazer um bom produto, todo mundo faz. Queremos gerar inclusão, então quando lançamos um produto, ele deve ser tão bom que não só uma pessoa vegana comeria", defende Doin.

Cerca de 35% da população brasileira com idade acima de 16 anos tem algum tipo de desconforto digestivo após o consumo de derivados de leite, segundo pesquisa do Datafolha. Uma das apostas da empresa é cobrir os intolerantes a lactose, criando alternativas alimentares para esse público com base nos vegetais nacionais.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos