Mercado fechado
  • BOVESPA

    100.807,38
    -452,37 (-0,45%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    38.261,42
    -446,30 (-1,15%)
     
  • PETROLEO CRU

    38,56
    -1,29 (-3,24%)
     
  • OURO

    1.904,50
    -0,70 (-0,04%)
     
  • BTC-USD

    13.020,88
    -129,14 (-0,98%)
     
  • CMC Crypto 200

    259,80
    -3,62 (-1,37%)
     
  • S&P500

    3.400,97
    -64,42 (-1,86%)
     
  • DOW JONES

    27.685,38
    -650,19 (-2,29%)
     
  • FTSE

    5.792,01
    -68,27 (-1,16%)
     
  • HANG SENG

    24.918,78
    +132,68 (+0,54%)
     
  • NIKKEI

    23.494,34
    -22,25 (-0,09%)
     
  • NASDAQ

    11.501,25
    -162,25 (-1,39%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6313
    -0,0326 (-0,49%)
     

CEO da Nomura estuda maneiras de aperfeiçoar trabalho remoto

Takashi Nakamichi e Takako Taniguchi
·2 minutos de leitura

(Bloomberg) -- O CEO da Nomura Holdings entrou no debate sobre a eficácia de trabalhar em casa, quando estuda modelos para a força de trabalho na era da pandemia.

“Existem áreas que conseguiram se manter produtivas e outras que ficaram um pouco aquém”, disse o diretor-presidente da Nomura, Kentaro Okuda, no fórum do setor financeiro Nikkei na terça-feira. “Estamos fazendo uma revisão para descobrir o porquê e como podemos melhorar a situação.”

Líderes financeiros globais avaliam as vantagens relativas do trabalho remoto, incluindo como a prática poderia ser mantida após o fim da pandemia. Jamie Dimon, CEO do JPMorgan Chase, e Larry Fink, diretor-presidente da BlackRock, alertaram sobre as desvantagens do trabalho remoto, enquanto outros, como Christian Sewing, que comanda o Deutsche Bank, veem potencial para cortar custos com a redução do espaço de escritórios.

Okuda, de 56 anos, disse que cerca de 90% dos funcionários da Nomura nas Américas e 80% na Europa agora trabalham em casa. A maior corretora do Japão planejava o retorno de funcionários aos escritórios na Europa, mas a recente onda de casos de coronavírus dificultou os planos, disse.

No entanto, o banco vai intensificar esforços para trabalhar com clientes por meio de canais que não sejam reuniões presenciais, disse Okuda. A Nomura também tem tomado medidas para aumentar a produtividade da equipe, como o investimento em tecnologia e acordos de trabalho flexíveis.

No Japão, onde o número de casos de coronavírus caiu, cerca de 70% a 80% dos funcionários da sede em Tóquio trabalhavam em casa durante o pico da crise, disse Okuda.

A Nomura avalia reduzir o espaço de sua sede em Tóquio e avaliar suas unidades no exterior após o surto, afirmou Okuda em entrevista em junho. Os funcionários provavelmente continuarão a trabalhar em casa em vários graus na era de distanciamento social, disse o executivo na época.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2020 Bloomberg L.P.