Mercado fechado

CEO da Nestlé espera dobrar vendas em saúde até 2021

Corinne Gretler e Francine Lacqua
·2 minutos de leitura

A Nestlé espera que as vendas da divisão de nutrição e saúde dobrem em relação ao nível de cinco anos atrás, em meio à expansão da empresa suíça em suplementos personalizados e tratamentos de alergias, disse o diretor-presidente, Mark Schneider.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

A receita deve somar cerca de 4 bilhões de francos suíços (US$ 4,4 bilhões) até o fim de 2021, disse Schneider na sexta-feira em entrevista à Bloomberg Television. Em um cenário de consumo dominado pela Covid-19, o CEO tem acelerado planos para remodelar a empresa, mais conhecida por marcas de alimentos e bebidas, como refeições prontas Stouffer’s e café Nespresso.

Leia também

A unidade “já mostrava bom desempenho antes mesmo da pandemia”, disse. “Este será um dos nossos principais motores de crescimento.”

A Nestlé fechou um acordo no mês passado para comprar a Aimmune Therapeutics por US$ 2,6 bilhões em sua maior cartada até o momento no chamado segmento de health science, ou nutrição clínica, adicionando um promissor tratamento de alergia a amendoim à sua oferta. O negócio segue a compra por US$ 2,3 bilhões da fabricante de suplementos canadense Atrium Innovations em 2018, ganhando marcas como os probióticos Garden of Life e gotas de CBD.

O crescimento das vendas tem sido forte em vitaminas, minerais e suplementos, disse o CEO. A Nestlé também vai dar mais atenção à fortificação de produtos alimentícios em meio ao aumento da demanda, afirmou.

‘Para ficar’

“Há um interesse renovado em saúde e nutrição que promove a saúde e fortalece o sistema imunológico”, disse Schneider. “Acho que isso veio para ficar, certamente durante os estágios finais desta pandemia, e acreditamos também além disso.”

Apesar do crescimento, a unidade de health science ainda representa menos de 5% dos 87 bilhões de francos em receita total que analistas esperam para a Nestlé no próximo ano. Schneider tenta finalmente impulsionar o negócio que a empresa suíça chamava de motor de crescimento há décadas.

O mercado de suplementos está se desenvolvendo rapidamente, disse Schneider.

“Vitaminas, minerais e suplementos personalizados serão a próxima fronteira”, disse, acrescentando que a Nestlé trabalha em algumas novas ofertas. “Estamos nos afastando de suplementos simples, que eu chamo de alfabeto das vitaminas - A, B, C ou D - e indo especificamente para o que determinado indivíduo necessita.”

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube