Mercado abrirá em 7 h 18 min

CEO da Microsoft alerta para desvantagens de trabalho remoto

Isabelle Lee
·2 minutos de leitura

(Bloomberg) -- A Microsoft tem sido uma grande beneficiária da onda do trabalho remoto impulsionado pela pandemia de Covid-19. Mas o diretor-presidente da empresa, Satya Nadella, tem percebido as armadilhas de estar longe do escritório por muito tempo.

Reuniões online podem deixar funcionários cansados e dificultar a transição do trabalho para a vida privada, disse o executivo no Conselho de CEOs do Wall Street Journal, realizado na terça-feira. “Quando você trabalha em casa, às vezes parece que está dormindo no trabalho”, acrescentou.

As videoconferências podem ser particularmente enervantes, observou o CEO, que citou estudos do cérebro sobre o assunto. “Com 30 minutos em sua primeira videoconferência pela manhã, por causa da concentração que é preciso ter no vídeo, você já está cansado.”

Ele também disse que o trabalho remoto perde alguns dos benefícios do escritório. “As videoconferências são mais transacionais”, disse. “O trabalho acontece antes das reuniões, depois das reuniões.”

A Microsoft tem um novo produto que tenta resolver esse problema. O Together Mode coloca os participantes de videochamadas em um espaço virtual, como um auditório, uma sala de reuniões ou uma cafeteria para tentar recriar um ambiente de escritório.

As ações da Microsoft subiram mais de 30% desde janeiro com a maior demanda de clientes corporativos pelos serviços em nuvem da empresa e assinaturas de software baseado na Internet, com o objetivo de ajudar o crescente número de funcionários em trabalho remoto.

Nadella disse que, com a pandemia, está aprendendo sobre o valor das transições entre o trabalho e atividades pessoais. “Estou aprendendo mais sobre transições”, disse. “Então, como você faz a transição? Você janta com a família?” Ele disse que tem prestado mais atenção aos seus horários.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2020 Bloomberg L.P.