Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.672,26
    +591,91 (+0,60%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.741,50
    +1.083,62 (+2,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    107,06
    +2,79 (+2,68%)
     
  • OURO

    1.828,10
    -1,70 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    21.385,92
    +173,33 (+0,82%)
     
  • CMC Crypto 200

    462,12
    +8,22 (+1,81%)
     
  • S&P500

    3.911,74
    +116,01 (+3,06%)
     
  • DOW JONES

    31.500,68
    +823,32 (+2,68%)
     
  • FTSE

    7.208,81
    +188,36 (+2,68%)
     
  • HANG SENG

    21.719,06
    +445,19 (+2,09%)
     
  • NIKKEI

    26.491,97
    +320,72 (+1,23%)
     
  • NASDAQ

    12.132,75
    +395,25 (+3,37%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5524
    +0,0407 (+0,74%)
     

CEO da Apple compra mansão de R$ 54 milhões ao lado das Kardashians

·1 min de leitura
Tim Cook, CEO da Apple
Novo lar de Tim Cook conta com cerca de 930m²
(REUTERS/Eduardo Munoz)
  • Tim Cook, CEO da Apple, comprou mansão avaliada em R$ 54,87 milhões

  • Residência fica no Madison Club, na Califórnia

  • Como vizinhos, ele terá o fundador da Nike e celebridades como as Kardashians

Depois da polêmica envolvendo o vazamento de informações confidenciais da Apple, Tim Cook, CEO da empresa, virou novamente alvo de atenção. Dessa vez, o motivo é bem menos estressante: a compra de uma mansão avaliada em R$ 54,87 milhões na Califórnia (EUA).

De acordo com o site Dirt, a compra foi efetuada em 2018, mas somente agora o nome do comprador foi confirmado. E olha que Cook não está nada mal acompanhado em seu novo lar. O CEO tornou-se vizinho de Phil Knight, fundador da Nike, e de celebridades como Kourtney Kardashian e Kris Jenner.

Leia também:

A mansão fica localizada no seleto Madison Club e conta com cerca de 10 mil pés quadrados, o que equivale a, mais ou menos, 930m². É composta por cinco quartos, seis banheiros, um escritório e até mesmo um bar com uma mesa de bilhar personalizada.

Tempos atrás, Cook foi visto no Madison Club, quando foi a uma festa de aniversário com Eddy Cue, vice-presidente sênior de software e serviços de internet da Apple, e Lucian Grainge, presidente e CEO da Universal Music.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos