Mercado fechará em 6 h 31 min
  • BOVESPA

    109.068,55
    -1.120,02 (-1,02%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.725,96
    -294,69 (-0,58%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,75
    +1,74 (+2,42%)
     
  • OURO

    1.798,10
    +0,10 (+0,01%)
     
  • BTC-USD

    16.847,29
    +45,88 (+0,27%)
     
  • CMC Crypto 200

    395,94
    -6,09 (-1,51%)
     
  • S&P500

    3.933,92
    -7,34 (-0,19%)
     
  • DOW JONES

    33.597,92
    +1,58 (+0,00%)
     
  • FTSE

    7.481,76
    -7,43 (-0,10%)
     
  • HANG SENG

    19.450,23
    +635,41 (+3,38%)
     
  • NIKKEI

    27.574,43
    -111,97 (-0,40%)
     
  • NASDAQ

    11.536,50
    +27,00 (+0,23%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5086
    +0,0422 (+0,77%)
     

CEO da Apple compra mansão de R$ 54 milhões ao lado das Kardashians

Tim Cook, CEO da Apple
Novo lar de Tim Cook conta com cerca de 930m²
(REUTERS/Eduardo Munoz)
  • Tim Cook, CEO da Apple, comprou mansão avaliada em R$ 54,87 milhões

  • Residência fica no Madison Club, na Califórnia

  • Como vizinhos, ele terá o fundador da Nike e celebridades como as Kardashians

Depois da polêmica envolvendo o vazamento de informações confidenciais da Apple, Tim Cook, CEO da empresa, virou novamente alvo de atenção. Dessa vez, o motivo é bem menos estressante: a compra de uma mansão avaliada em R$ 54,87 milhões na Califórnia (EUA).

De acordo com o site Dirt, a compra foi efetuada em 2018, mas somente agora o nome do comprador foi confirmado. E olha que Cook não está nada mal acompanhado em seu novo lar. O CEO tornou-se vizinho de Phil Knight, fundador da Nike, e de celebridades como Kourtney Kardashian e Kris Jenner.

Leia também:

A mansão fica localizada no seleto Madison Club e conta com cerca de 10 mil pés quadrados, o que equivale a, mais ou menos, 930m². É composta por cinco quartos, seis banheiros, um escritório e até mesmo um bar com uma mesa de bilhar personalizada.

Tempos atrás, Cook foi visto no Madison Club, quando foi a uma festa de aniversário com Eddy Cue, vice-presidente sênior de software e serviços de internet da Apple, e Lucian Grainge, presidente e CEO da Universal Music.