CEO da Apple, Tim Cook, terá redução salarial de 99% por 2012

SÃO PAULO - O CEO da Apple, Tim Cook, terá uma redução salarial de 99% por 2012, o que representa uma remuneração de US$ 4,17 milhões por ano ante os US$ 378 milhões que ganhou por 2011. A redução se deve à falta de prêmios de ações recebidas no ano em que substituiu Steve Jobs.

Segundo informações da Bloomberg, o total inclui US$ 1,36 milhões de salário-base e US$ 2,8 milhões de planos de incentivo. A remuneração do ano anterior, um dos maiores pacotes da história da empresa, atingiu tal valor pelos US$ 376,2 milhões em prêmios de ações que Cook receberá ao decorrer de uma década.

Já o CFO, ou diretor financeiro, Peter Oppenheimer irá receber US$ 68,6 milhões, bem acima de US$ 1,42 milhão por 2011. O diretor tem prêmios de ações avaliados em US$ 66,2 milhões em 2012.

Carregando...