Mercado abrirá em 4 h 31 min
  • BOVESPA

    110.786,43
    +113,67 (+0,10%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.298,20
    -104,50 (-0,20%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,25
    +0,38 (+0,45%)
     
  • OURO

    1.781,90
    -3,00 (-0,17%)
     
  • BTC-USD

    65.033,59
    +1.013,58 (+1,58%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.533,65
    +52,84 (+3,57%)
     
  • S&P500

    4.536,19
    +16,56 (+0,37%)
     
  • DOW JONES

    35.609,34
    +152,03 (+0,43%)
     
  • FTSE

    7.189,82
    -33,28 (-0,46%)
     
  • HANG SENG

    25.910,64
    -225,38 (-0,86%)
     
  • NIKKEI

    28.708,58
    -546,97 (-1,87%)
     
  • NASDAQ

    15.331,00
    -46,50 (-0,30%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4485
    -0,0711 (-1,09%)
     

Centrais sindicais dizem que Bolsonaro é mitômano e convocam para ato de 2 de outubro

·1 minuto de leitura
*ARQUIVO* SÃO PAULO , SP, BRASIL, 08-03-2020- - Movimentos de mulheres e centrais sindicais preparam manifestações em diversas cidades do Brasil contra o presidente Jair Bolsonaro e pautas do governo federal, no dia em que é comemorado o Dia Internacional da Mulher. Em São Paulo, o protesto acontece na Avenida Paulista, no Parque Mario Covas. (Foto: Bruno Santos/ Folhapress)
*ARQUIVO* SÃO PAULO , SP, BRASIL, 08-03-2020- - Movimentos de mulheres e centrais sindicais preparam manifestações em diversas cidades do Brasil contra o presidente Jair Bolsonaro e pautas do governo federal, no dia em que é comemorado o Dia Internacional da Mulher. Em São Paulo, o protesto acontece na Avenida Paulista, no Parque Mario Covas. (Foto: Bruno Santos/ Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Centrais sindicais convocaram os seus afiliados para manifestação contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no dia 2 de outubro.

"Vamos ocupar as ruas em protesto contra o caos que representa, ao país, ter o mitômano Jair Bolsonaro na Presidência da República: desemprego recorde, fome, carestia, inflação, corrupção, retirada de direitos, desmonte dos serviços públicos e das estatais, ataques à democracia, à soberania e às liberdades, atropelo da ciência e desprezo à vida", afirmam as entidades em nota divulgada nesta quinta (23).

O texto é assinado pelas entidades CUT (Central Única dos Trabalhadores​), Força Sindical, UGT (União Geral dos Trabalhadores), NCST (Nova Central Sindical de Trabalhadores), CSB (Central dos Sindicatos Brasileiros), CSP-Conlutas,Intersindical e Pública.

As sindicais também defendem o impeachment de Bolsonaro. "É urgente que o Congresso Nacional atenda o clamor popular e acate a abertura de processo de impeachment para que Bolsonaro seja afastado e seus crimes apurados e julgados. Já são mais de 130 pedidos engavetados na presidência da Câmara dos Deputados, enquanto o país afunda no lodo presidencial", segue o texto.

A Campanha Nacional Fora Bolsonaro, que organizou os atos anteriores da oposição, já havia indicado o dia 2 de outubro para a realização da próxima mobilização.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos