Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.608,76
    -345,14 (-0,35%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.036,38
    +293,23 (+0,61%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,66
    +2,23 (+2,06%)
     
  • OURO

    1.808,30
    +6,80 (+0,38%)
     
  • BTC-USD

    19.897,71
    +599,28 (+3,11%)
     
  • CMC Crypto 200

    429,24
    +9,10 (+2,17%)
     
  • S&P500

    3.825,33
    +39,95 (+1,06%)
     
  • DOW JONES

    31.097,26
    +321,86 (+1,05%)
     
  • FTSE

    7.232,65
    +64,00 (+0,89%)
     
  • HANG SENG

    21.830,35
    -29,44 (-0,13%)
     
  • NIKKEI

    26.153,81
    +218,19 (+0,84%)
     
  • NASDAQ

    11.554,00
    -57,25 (-0,49%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5540
    -0,0047 (-0,08%)
     

Cenoura ‘rouba’ meme do tomate após subir 121%

·2 min de leitura
Close up of cute baby rabbit
Somente em março, o preço aumentou 45,65% com relação ao mês anterior

(Getty Images)

  • Preço da cenoura dispara 121,64% em 12 meses;

  • Alta faz com que o legume vire meme na internet, igual ao que aconteceu com o tomate em 2013;

  • Em alguns lugares, é possível encontrar o quilo por R$ 20.

Em 2013, o tomate explodiu em memes na internet após seu preço disparar no mercado. Nove anos depois, quem rouba os holofotes e faz com que o consumidor desembolse quantias salgadas no preparo da salada é a cenoura.

Nos últimos 12 meses, o legume acumulou alta de 121,64%, o que significa que é necessário gastar mais que o dobro para comprar a mesma quantidade de um ano atrás. Somente em março, o preço aumentou 45,65% com relação ao mês anterior.

Inclusive, já é possível encontrar o quilo da cenoura custando R$ 20, o maior valor desde o início da série histórica do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), em 2008. A situação rendeu vários memes na internet e até uma aparição da apresentadora do Mais Você, Ana Maria Braga, com um colar de cenouras em protesto aos preços extravagantes.

Mas por que a cenoura está tão cara?

A dispara acontece, especialmente, por conta das fortes chuvas que atingiram regiões produtoras no início do ano e estragaram as plantações. Com isso, houve escassez na oferta.

"Quando chove muito, os produtores têm dificuldades em entrar com maquinário nas lavouras, e foi justamente o que aconteceu neste ano", explica Marina Marangon, pesquisadora do Cepea, à FolhaPress.

Apesar de março não ter sido um dos meses mais chuvosos, sofreu com os reflexos do que aconteceu em fevereiro, quando produtores não conseguiram nem plantar nem colher direito.

Marangon ainda esclarece que outro fator importante para o cenário atual é o baixo investimento no campo. Como as safras foram boas no ano passado, os produtores reduziram as quantias destinadas à área plantada para 2022 e 2023.

Tais motivos impactam não só a cenoura como outras hortaliças. Das 15 maiores altas medidas pelo IPCA-15 (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15) em março, 14 subitens são legumes, verduras ou frutas.

A boa notícia é que, de acordo com a pesquisadora, o preço da cenoura dificilmente subirá mais. No entanto, espera-se que se mantenha em um patamar alto, pois os impactos da chuva demoram a desaparecer. As informações são da FolhaPress.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos