Mercado fechado

Cemig reverte lucro e tem prejuízo de R$ 281,9 milhões no 3º trimestre

Rodrigo Polito

Divulgação

A Cemig apurou prejuízo líquido de R$ 281,9 milhões no terceiro trimestre, revertendo um lucro de R$ 244,5 milhões alcançado em igual período do ano passado.

A receita operacional líquida somou R$ 6,07 bilhões de julho a setembro, valor 3% inferior ao apurado no terceiro trimestre do ano passado. Na mesma comparação, o Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) recuou 87,8%, para R$ 110,3 milhões.

Segundo a empresa, o resultado líquido operacional do terceiro trimestre foi fortemente influenciado pelo reconhecimento da contingência tributária relativa às ações que discutem a incidência de contribuições previdenciárias sobre o pagamento de participações nos lucros e resultados (PLR), no montante de R$ 1,183 bilhão. O mesmo motivo explicou, de acordo com a companhia, a queda do Ebitda.

No terceiro trimestre, o mercado da Cemig somou 13.965 gigawatts-hora (GWh), volume 1,55% inferior ao registrado em igual período do ano passado.

Com relação à Renova Energia, geradora de energia renovável da qual a Cemig integra o bloco de controle e que está em recuperação judicial, a companhia mineira informou, em nota explicativa, que, “considerando a inexistência de obrigações legais ou construtivas perante a controlada em conjunto Renova, concluiu que o deferimento do pedido de recuperação judicial ajuizado por esta investida não produzirá nenhum impacto adicional em suas demonstrações financeiras”.