Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.113,93
    +413,26 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.726,98
    +212,88 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,07
    -0,39 (-0,61%)
     
  • OURO

    1.777,30
    +10,50 (+0,59%)
     
  • BTC-USD

    60.722,80
    -1.004,20 (-1,63%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,97
    +7,26 (+0,52%)
     
  • S&P500

    4.185,47
    +15,05 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    34.200,67
    +164,68 (+0,48%)
     
  • FTSE

    7.019,53
    +36,03 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.969,71
    +176,57 (+0,61%)
     
  • NIKKEI

    29.683,37
    +40,68 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    14.024,00
    +10,00 (+0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6943
    -0,0268 (-0,40%)
     

Cemig quer concluir venda de fatia na Taesa ainda em 2021, diz CEO

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO (Reuters) - A estatal mineira Cemig trabalhará para concluir ainda neste ano uma operação para venda de sua participação na transmissora de energia elétrica Taesa, disse nesta segunda-feira o presidente da companhia, Reynaldo Passanezi.

Controlada pelo governo de Minas Gerais, a Cemig informou na sexta-feira que iniciou avaliações para definir um formato para o eventual desinvestimento de suas ações na Taesa, empresa que controla em conjunto com a Isa Brasil, da colombiana Isa.

"Obviamente, como em qualquer desinvestimento de uma participação muito grande e em que há outros sócios e empresas debaixo, tem que ser muito bem analisado, mas para isso temos bons assessores. A gente vai seguramente estar endereçando esses assuntos. Em nossa expectativa, é claro, preferiríamos concluir isso em 2021", disse Passanezi, ao ser questionado sobre a operação em teleconferência de resultados com acionistas.

(Por Luciano Costa)