Mercado fechará em 6 h 21 min
  • BOVESPA

    109.400,76
    +557,02 (+0,51%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.557,65
    0,00 (0,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,87
    +0,58 (+0,83%)
     
  • OURO

    1.773,50
    +9,70 (+0,55%)
     
  • BTC-USD

    43.034,49
    -730,37 (-1,67%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.077,66
    +13,82 (+1,30%)
     
  • S&P500

    4.384,34
    +26,61 (+0,61%)
     
  • DOW JONES

    34.225,54
    +255,07 (+0,75%)
     
  • FTSE

    6.982,47
    +78,56 (+1,14%)
     
  • HANG SENG

    24.221,54
    +122,40 (+0,51%)
     
  • NIKKEI

    29.839,71
    -660,34 (-2,17%)
     
  • NASDAQ

    15.084,75
    +75,25 (+0,50%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2287
    -0,0160 (-0,26%)
     

Celulares Xiaomi vão alertar usuários sobre baterias falsas e diminuir recarga

·1 minuto de leitura

A mais nova atualização do aplicativo Mi Security (versão 5.6.0) apresentou melhorias de estabilidade para smartphones da Xiaomi e outras pequenas mudanças, mas detalhes em códigos internos descobertos pelo XDA Developers revelam que a empresa prepara um alerta de "bateria não autorizada" que será exibido em dispositivos da marca.

Seguindo a ideia da Apple, a Xiaomi está preparando exibir alertas em smartphones que foram reparados com baterias terceirizadas falsas, podendo até mesmo limitar o carregamento para evitar danos ao dispositivo.

De acordo com as imagens, vemos que o alerta diz ao usuário que a bateria do celular deve ser "substituída apenas por um serviço autorizado", destacando que utilizar uma bateria não autorizada pode resultar em inchaço, superaquecimento e vazamento da bateria, ocasionando em explosões e danos graves.

(Imagem: Reprodução/XDA Developers)
(Imagem: Reprodução/XDA Developers)

Ao detectar uma bateria não oficial, o sistema operacional vai reduzir a capacidade de carregamento "para proteger o dispositivo", indicando logo em seguida para que o usuário encontre uma assistência técnica autorizada.

O XDA ainda destaca que, por enquanto, o aviso parece estar limitado apenas aos usuários chineses e não existem indícios de que o sistema de alerta deve ser liberado em outros países.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos