Mercado fechado
  • BOVESPA

    116.375,25
    -1.185,58 (-1,01%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.728,87
    -597,81 (-1,29%)
     
  • PETROLEO CRU

    93,20
    +4,75 (+5,37%)
     
  • OURO

    1.701,80
    -19,00 (-1,10%)
     
  • BTC-USD

    19.562,52
    -348,57 (-1,75%)
     
  • CMC Crypto 200

    445,50
    -9,53 (-2,09%)
     
  • S&P500

    3.639,66
    -104,86 (-2,80%)
     
  • DOW JONES

    29.296,79
    -630,15 (-2,11%)
     
  • FTSE

    6.991,09
    -6,18 (-0,09%)
     
  • HANG SENG

    17.740,05
    -272,10 (-1,51%)
     
  • NIKKEI

    27.116,11
    -195,19 (-0,71%)
     
  • NASDAQ

    11.096,25
    -445,50 (-3,86%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,0768
    -0,0367 (-0,72%)
     

Celulares compatíveis com 5G custam de R$ 1.400 a R$ 11.500, mostra levantamento do Procon-SP

***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 21.08.2019 - Still de mãos segurando um celular. (Foto: Gabriel Cabral/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 21.08.2019 - Still de mãos segurando um celular. (Foto: Gabriel Cabral/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Procon-SP fez um levantamento dos preços dos celulares compatíveis com o 5G homologados pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações). A conexão traz velocidades maiores que a geração anterior e está disponível em 15 capitais brasileiras.

Hoje, são 84 modelos homologados pela agência, das marcas Apple, Samsung, Motorola, Xiaomi, Asus, Realme, TCL, Nokia, Lenovo e Zebra. Os preços variam entre R$ 1.400 e R$ 11.500.

A lista de aparelhos da Anatel é de julho deste ano e pode ser atualizada com novos lançamentos. A aprovação do órgão é necessária para usar e comercializar o produto no país.

O levantamento dos preços dos celulares foi feito pela Escola de Proteção e Defesa do Consumidor entre 26 e 29 de agosto. A pesquisa consultou os principais sites do varejo, marketplaces e portais de intermediação de venda.

A Samsung lidera com 28 aparelhos homologados, que abrangem toda a faixa de preço, de R$ 1.400 a R$ 11.500. A Apple tem nove modelos autorizados.

Segundo o Procon, alguns modelos não foram encontrados para venda e outros, embora não sejam vendidos oficialmente no Brasil pelo fabricante, foram vistos em alguns dos sites visitados.

O Ministério das Comunicações e a Anatel já liberaram mais de 4.000 antenas com rede 5G em 15 capitais do país. Hoje, 4.051 estações estão autorizadas a funcionar com a nova tecnologia, segundo dados atualizados da estatal e da pasta. A projeção é que todo o território nacional seja contemplado até 2029.

Brasília foi a primeira cidade a receber a faixa de 3,5 GHz da conexão, em 6 de julho. Em São Paulo, a tecnologia chegou em 4 de agosto. Para acessar a conexão, o usuário deve estar na área de cobertura e ter um aparelho compatível. O levantamento do Procon está disponível aqui.

*

Veja as faixas de preços das marcas homologadas pela Anatel

- Apple: nove modelos homologados que variam de R$ 3.400 (iPhone SE 3) a R$ 9.000 (iPhone 13 Pro Max).

- Samsung: 28 modelos homologados, de R$ 1.400 (Galaxy M23) a R$ 11.500 (Z Fold 4)

- Motorola: 17 modelos homologados, de R$ 1.450 (Moto G50) a R$ 5.300 (Moto G100)

- Xiaomi: 13 modelos homologados, de R$ 1.400 (Poco M3 Pro) a R$ 8.740 (Xiaomi 12)

- Asus: sete modelos homologados, de R$ 3.600 (Zenfone 8) a R$ 4.899 (ROG Phone 3)

- Realme: cinco modelos homologados, de R$ 2.350 (GT Master Edition) a R$ 6.999 (GT 2 Pro)

- TCL: dois modelos homologados, de R$ 2.299 (TCL 20 Pro) e R$ 2.499 (Infinix Zero).