Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.113,93
    +412,93 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.726,98
    +212,88 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    62,91
    -0,22 (-0,35%)
     
  • OURO

    1.777,40
    -2,80 (-0,16%)
     
  • BTC-USD

    56.986,21
    -3.262,46 (-5,41%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.290,77
    -100,94 (-7,25%)
     
  • S&P500

    4.185,47
    +15,05 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    34.200,67
    +164,67 (+0,48%)
     
  • FTSE

    7.019,53
    +36,03 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    29.296,52
    +326,81 (+1,13%)
     
  • NIKKEI

    29.735,78
    +52,41 (+0,18%)
     
  • NASDAQ

    14.033,25
    +3,75 (+0,03%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6681
    -0,0180 (-0,27%)
     

Celebridades dos EUA entram em campanha contra desconfiança nas vacinas da Covid

Sheila Dang
·1 minuto de leitura
Atriz Rosie Perez

Por Sheila Dang

(Reuters) - A entidade Ad Council lançou nesta quinta-feira uma campanha para combater a desconfiança sobre a segurança das vacinas contra o coronavírus, divulgando mensagens em emissoras de televisão, rádios, sites e redes sociais dos Estados Unidos, com foco particular em norte-americanos negros e hispânicos, que têm sido atingidos duramente pela pandemia.

A campanha, intitulada "Depende de Você", contará com celebridades em anúncios de serviço público futuros produzidos por parceiros da mídia.

A atriz Rosie Perez, o correspondente médico da CNN Sanjay Gupta e o ator e rapper Daveed Diggs estrelarão anúncios produzidos pela WarnerMedia. A atriz Angela Bassett aparecerá em um anúncio produzido pela Fox, disse o Ad Council.

A campanha encaminhará as pessoas ao site GetVaccineAnswers.org, que informará como a vacina foi aprovada para uso e por que existe mais de um tipo de vacina, entre outras perguntas.

O esforço liderado pelo Ad Council, uma entidade sem fins lucrativos, é apoiado por mais de 300 marcas, especialistas médicos e parceiros de tecnologia e mídia, como Facebook e Walt Disney.

"Não tem nenhum problema as pessoas estarem hesitantes, e é normal ter dúvidas", disse Lisa Sherman, executiva-chefe do Ad Council.

Mas se a desconfiança da vacina não for abordada e um número insuficiente de norte-americanos foi vacinado, "nos encontraremos na mesma situação no ano que vem", acrescentou Sherman.