Mercado fechado

CEEE-D muda estimativa de provisões judiciais que terá impacto de R$ 37,4 milhões

Allan Ravagnani

Para fazer a mudança, a companhia contratou uma consultoria especializada O conselho de administração da Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica – CEEE-D, do Rio Grande do Sul, aprovou a mudança de estimativa contábil relacionada aos saldos das provisões judiciais, que resultará em um impacto de R$ 37,432 milhões no resultado financeiro.

Daniel Acker/Bloomberg

Para fazer a mudança, a companhia contratou uma consultoria especializada que está realizando análise crítica da gestão do contencioso da CEEE-D. Esse estudo indicou que a metodologia de aplicação de percentual redutor para fins de provisionamento de processos utilizada nas fases iniciais (conhecimento e instrutória) não é aderente às melhores práticas do setor.

O trabalho mostra que o cálculo de provisão dos processos não apresenta a melhor estimativa de desembolso individualmente.

Desta forma, a partir do encerramento contábil de maio, a companhia deixará de aplicar o percentual redutor em suas provisões judiciais, realizando os ajustes necessários para ter a melhor estimativa dos valores de provisão nas suas demonstrações financeiras.