Mercado abrirá em 52 mins
  • BOVESPA

    106.373,87
    -553,92 (-0,52%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.973,27
    +228,35 (+0,42%)
     
  • PETROLEO CRU

    85,41
    +1,59 (+1,90%)
     
  • OURO

    1.809,40
    -7,10 (-0,39%)
     
  • BTC-USD

    41.909,39
    -876,52 (-2,05%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.003,37
    -22,36 (-2,18%)
     
  • S&P500

    4.662,85
    +3,82 (+0,08%)
     
  • DOW JONES

    35.911,81
    -201,79 (-0,56%)
     
  • FTSE

    7.556,42
    -54,81 (-0,72%)
     
  • HANG SENG

    24.112,78
    -105,25 (-0,43%)
     
  • NIKKEI

    28.257,25
    -76,27 (-0,27%)
     
  • NASDAQ

    15.316,75
    -279,00 (-1,79%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2878
    -0,0060 (-0,10%)
     

CCleaner agora está disponível para download na Microsoft Store do Windows 11

·3 min de leitura

O limpador de arquivos CCleaner chegou à Microsoft Store recentemente, flagrou o site Softpedia neste domingo (9). O software utilitário lançado em 2004 pela Piriform serve para varrer o armazenamento interno do computador, apagando arquivos temporários ou pastas que ocupam espaço sem necessidade, e otimizar o desempenho do computador em poucos cliques.

A recente adição ao catálogo ainda não aparece para todo mundo, mas PCs do Canaltech já puderam encontrá-la na Microsoft Store. Devido ao frescor da novidade, o programa acumula apenas cinco avaliações de usuários e já figura com 4,2 média de estrelas.

O Ccleaner está disponível para download na Microsoft Store e terá atualizações fornecidas diretamente pela Piriform (Captura: Igor Almenara/Canaltech)
O Ccleaner está disponível para download na Microsoft Store e terá atualizações fornecidas diretamente pela Piriform (Captura: Igor Almenara/Canaltech)

O CCleaner é um programa bastante popular para usuários de Windows, principalmente devido a sua praticidade e interface limpa. A função do app é melhorar o desempenho do computador de forma geral, dos navegadores presentes ao sistema em si, passando um pente fino sobre pastas e arquivos desnecessários ou redundantes.

A relação do CCleaner com a Microsoft, porém, nem sempre foi tão boa. Em 2020, o programa foi acusado de ser um “software potencialmente indesejado” (PUA) pelo Windows Defender — aviso de que, apesar de não se tratar de um malware, tem potencial de gerar desconforto nos usuários e encorajar a desinstalação.

Posteriormente, a questão foi resolvida e o Windows Defender parou de denunciar a presença do limpador. Aparentemente, considerando a presença do programa na loja, as diferenças entre o software e a marca foram resolvidas.

Microsoft Store mais forte do que nunca

A introdução do CCleaner à Microsoft Store é mais um passo para a transformação da loja num lar para todos os apps. Quanto mais programas de alto calibre estiverem presentes na plataforma nativa do Windows, mais fácil os usuários a utilizarão para baixar novos aplicativos.

Outra adição importantíssima foi o Firefox, incluído na loja em novembro do ano passado. A presença dele mostra que a Microsoft está disposta a encarar a distribuição de rivais na plataforma, mesmo que isso possa ajudar a concorrência a se sobrepor.

Existem uma série de "guias" e "tutoriais" para o CCleaner baixáveis na Microsoft Store, incluindo uma cópia paga chamada PCCleaner (Captura: Igor Almenara/Canaltech)
Existem uma série de "guias" e "tutoriais" para o CCleaner baixáveis na Microsoft Store, incluindo uma cópia paga chamada PCCleaner (Captura: Igor Almenara/Canaltech)

Loja lotada de cópias

Ainda assim, a Microsoft Store ainda sofre com um turbilhão de cópias e apps falsos no catálogo. Essa condição, além de piorar a qualidade da loja, tende a fazer o usuário comum desconfiar de aplicativos oficiais que estejam disponíveis lá.

O próprio CCleaner sofre desse mal, aliás. Pesquisar pelo programa na loja puxa o programa principal como primeiro resultado (quando disponível), mas o usuário desatento pode facilmente se perder na imensa lista de tutoriais e cópias disponíveis na loja, incluindo uma "versão paga" chamada PCCleaner, que conta até com o mesmo ícone, mas que não é relacionada com a Piriform de forma alguma.

Se estiver na dúvida sobre qual programa é real, é indispensável verificar. No caso do CCleaner, confira o autor — ele é "fornecido e atualizado por Piriform Software Ltd". São falsos quaisquer outros programas de nome parecido disponíveis na loja.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos